Cidades Conde vacina contra Covid-19 a população com 50+ e grupos prioritários

Conde vacina contra Covid-19 a população com 50+ e grupos prioritários

A prefeitura de Conde, através da Secretaria de Saúde, retomará, na próxima terça-feira (22), a vacinação contra a Covid-19 dos trabalhadores da educação, profissionais da saúde, povos quilombolas, gestantes e puérperas (com indicação médica). Também serão vacinados maiores de 18 anos com comorbidades e pessoas com 50 anos ou mais sem doenças preexistentes. Para se […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Divulgação/Prefeitura de Conde

A prefeitura de Conde, através da Secretaria de Saúde, retomará, na próxima terça-feira (22), a vacinação contra a Covid-19 dos trabalhadores da educação, profissionais da saúde, povos quilombolas, gestantes e puérperas (com indicação médica). Também serão vacinados maiores de 18 anos com comorbidades e pessoas com 50 anos ou mais sem doenças preexistentes.

Para se vacinar é preciso agendar a imunização a partir desta segunda-feira (21) nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou com o agente comunitário de saúde (ACS) de sua região. A vacinação acontecerá nas UBS, conforme o agendamento.

No momento da imunização é necessário ter em mãos o CPF ou cartão SUS; comprovante de residência; declaração do local de trabalho (para trabalhadores da Saúde e Educação); e laudo médico (para pessoas com comorbidades).

Além da vacinação, a prefeitura vem realizando a testagem da população em diversas regiões da cidade, como aconteceu nesse sábado (19), na UBS de Carapibus. 

A prefeita Karla Pimentel destaca que o objetivo do trabalho é identificar pessoas assintomáticas ou com suspeita da doença. “Os casos positivos são devidamente orientados e encaminhados para o tratamento”, completou.

Karla acrescenta que é extremamente importante que a população continue respeitando os protocolos de segurança para se evitar o contágio do novo coronavírus, com o uso de máscaras, álcool 70% e o distanciamento social. “Essas ações, juntamente aos decretos municipal e estadual, são de extrema importância para conter e prevenir o contágio pelo novo coronavírus”, afirmou.

Últimas