Lei aprovada em Caxias muda símbolo que representa pessoas idosas

Vagas ou setores preferenciais deverão ser identificados com a inscrição 60+

As placas devem ser alteradas Crédito: Divulgação / CP

As placas devem ser alteradas Crédito: Divulgação / CP

Correio do Povo

A lei que altera a imagem que identifica pessoas acima de 60 anos em placas já está em vigor em Caxias do Sul. O projeto da mudança nas placas em estabelecimento comerciais e de serviços que possuam atendimento ao público foi aprovado ainda em julho na Câmara de Vereadores e foi sancionado pelo prefeito Daniel Guerra. Com a nova regra, a imagem de uma pessoa curvada com uma bengala para indicar atendimento prioritário para idosos fica no passado. Agora,  vagas ou setores de atendimento preferencial deverão ser identificados com o desenho de uma pessoa com a inscrição 60+. Entretanto, para o presidente da Associação dos Aposentados e Pensionista de Caxias do Sul, Vilson Cescon, a lei é inócua. No entendimento dele, mais importante que mudar a imagem ou o símbolo é promover campanhas e ações de valorização e respeito as pessoas idosos. Supermercados, bancos, farmácias, restaurantes, lojas e plantões de saúde, entre outros estabelecimentos, terão um ano para substituir as imagens. A lei prevê que quem não se adequar será multado em até 10 valores de referência municipal (VRM), que atualmente equivalem a R$ 321,80. O autor do projeto, vereador Neri de Andrade Pereira Junior, justifica que a imagem da pessoa com bengala não representa mais as pessoas com idade superior a 60 anos. Projeto nesse sentido também foi aprovado pela Câmara Municipal de Vereadores de bento Gonçalves.