Cidades Corrente marítima pode ter trazido onda de lixo para praias da Grande João Pessoa

Corrente marítima pode ter trazido onda de lixo para praias da Grande João Pessoa

As praias de João Pessoa, Cabedelo, Conde e Lucena estão recebendo uma onda de lixo, desde o dia 14 de abril, que pode ter sido trazido por correntes marítimas. Na Capital, técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) da prefeitura realizaram vistorias nas desembocaduras dos rios e maceiós urbanos e nas galerias pluviais que desaguam […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Divulgação/Semam-JP

As praias de João Pessoa, Cabedelo, Conde e Lucena estão recebendo uma onda de lixo, desde o dia 14 de abril, que pode ter sido trazido por correntes marítimas.

Na Capital, técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) da prefeitura realizaram vistorias nas desembocaduras dos rios e maceiós urbanos e nas galerias pluviais que desaguam na orla e não há comprovação de que os resíduos tenham vindo dessas fontes.

Desde quarta-feira (14) profissionais da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), da Semam e de vários grupos de voluntários vêm realizando a coleta de lixo na praia.

“Segundo relatórios técnicos, há uma corrente de vento sazonal Nordeste que pode ter trazido o lixo de outros estados para o Litoral da Paraíba. Durante a limpeza foram recolhidos material plástico, gráfico de campanha eleitoral, embalagens, entre outros resíduos de estados vizinhos”, disse a Semam, nesta terça (20).

“Nesta terça-feira (20), os agentes da Emlur continuam realizando a coleta de resíduos na praia do Bessa. A mesma ação foi realizada no último sábado (17) e na sexta-feira (16), quando os agentes deixaram a praia completamente limpa”, finalizou a Semam.

Em Cabedelo, a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) disse que vem realizando, todos os dias um mutirão de limpeza nas praias da cidade. Só na quinta-feira (15), foram recolhidas 7 toneladas de lixo na praia de Intermares, a maioria trazida pelo mar durante a maré alta.

Últimas