Coronavírus

Cidades Covid: Rio suspende 3ª dose e tem dia D. Veja outras capitais

Covid: Rio suspende 3ª dose e tem dia D. Veja outras capitais

Em Curitiba, haverá a repescagem da primeira dose para todas as pessoas que foram convocadas e ainda não compareceram

  • Cidades | Do R7

Confira o cronograma de vacinação contra a Covid-19 nas capitais brasileiras

Confira o cronograma de vacinação contra a Covid-19 nas capitais brasileiras

Reprodução/Prefeitura do Rio

A vacinação contra a Covid-19 avança no país, e a aplicação prossegue nas capitais neste sábado (16).

No entanto, no Rio de Janeiro, devido à falta do imunizante da Pfizer, a terceira dose está temporariamente suspensa até o próximo envio do Ministério da Saúde à prefeitura carioca. A primeira e a segunda doses serão aplicadas normalmente.

Confira como será a vacinação contra a Covid-19 nas capitais brasileiras neste sábado (16):

São Paulo

A cidade de São Paulo continua a vacinar com a dose de reforço os profissionais da saúde com mais de 18 anos e os idosos a partir de 60 anos que concluíram o esquema vacinal há pelo menos seis meses, bem como as pessoas com alto grau de imunossupressão com mais de 18 anos que tomaram a última dose há pelo menos 28 dias.

A prefeitura também aplica a primeira dose em adolescentes de 12 a 17 anos e adultos a partir dos 18, além de oferecer a segunda aos públicos elegíveis. Saiba mais informações no Vacina Sampa

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro suspendeu temporariamente a aplicação da dose de reforço. Portanto, neste sábado (16), a prefeitura oferece a segunda dose aos públicos elegíveis e a primeira àqueles com mais de 12 anos que ainda não receberam o imunizante. A Secretaria Municipal de Saúde chama este sábado de "dia D", pois pretende atualizar a situação vacinal de 1,2 milhão de crianças e adolescentes. Saiba mais no site da gestão municipal: https://coronavirus.rio/

Goiânia

A prefeitura de Goiânia aplica a primeira dose em adolescentes de 12 a 17 anos e também em adultos que perderam a imunização. A segunda dose da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer será aplicada naqueles com data marcada para 16 de outubro ou que estão em atraso.

A terceira dose será oferecida a idosos acima dos 60 anos que cumpriram seis meses de intervalo da segunda dose (até 16 de abril), aos imunossuprimidos com 30 anos ou mais que receberam a segunda dose há pelo menos 28 dias (até 19 de setembro) e aos trabalhadores da saúde que tomaram a segunda dose há seis meses. Saiba mais neste link.

Curitiba

Curitiba fará a repescagem da primeira dose para todas as pessoas que foram convocadas e ainda não compareceram.

Ainda haverá a segunda dose para aqueles que têm agendamento marcado pelo app Saúde Já, assim como para os que perderam a data.

A terceira dose será destinada às pessoas convocadas no app Saúde Já e que ainda não compareceram. Veja mais informações no site da prefeitura.

Florianópolis

A prefeitura de Florianópolis aplica a dose de reforço em imunossuprimidos que concluíram o esquema vacinal até 18 de setembro, idosos cuja segunda dose (ou dose única) foi aplicada até 20 de abril e trabalhadores da saúde que receberam a segunda dose até 19 de abril.

A segunda dose será aplicada em quem já concluiu o prazo obrigatório.

Últimas