Coronavírus

Cidades Covid: veja quem pode se vacinar em SP, Rio, BH e mais 8 capitais

Covid: veja quem pode se vacinar em SP, Rio, BH e mais 8 capitais

País alcançou marca de 52,4 milhões com a 1ª dose; maior parte das cidades brasileiras já imuniza adultos com menos de 60 anos

  • Cidades | Do R7

São Paulo já vacina grávidas e, a partir de segunda (14), será a vez de quem tem 58 e 59 anos

São Paulo já vacina grávidas e, a partir de segunda (14), será a vez de quem tem 58 e 59 anos

Carla Carniel/Reuters - 07.06.2021

Mesmo que em ritmo lento, a vacinação contra a covid-19 prossegue pelo país e a maior parte das capitais já imuniza adultos com menos de 60 anos sem comorbidades. Abaixo, veja como está o ritmo de imunização em 11 capitais brasileiras.

O calendário depende da definição de cada município, os quais, normalmente, primeiro aplica os fármacos em pessoas com comorbidades e profissionais das áreas da saúde, educação e segurança.

Até o momento, de acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil já aplicou imunizantes em 52.429.219 pessoas com a 1ª dose, o que representa 32,75% da população vacinável. Destas, 23.460.878 (14,65% da população que deve receber a vacina) já receberam a segunda dose e estão com o esquema vacinal completo.

São Paulo (SP)

A cidade de São Paulo vacina, a partir desta sexta-feira (11), profissionais da educação com 18 a 44 anos – a imunização dessa categoria, com idades de 45 e 46 anos, já começou anteontem. Para garantir a vacina, é necessário apresentar o comprovante Vacina Já Educação com QR Code.

A partir da próxima segunda-feira (14), a cidade de São Paulo passará a vacinar pessoas com 58 e 59 anos de idade contra a covid-19.

Desde a quinta-feira (10), podem ser imunizadas as pessoas com deficiência permanente (física, sensorial ou intelectual), acima de 18 anos. Também já está liberada, na capital paulista, a vacinação de mulheres acima de 18 anos com comorbidades que estejam amamentando (lactantes) e gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz até 45 dias após o parto) sem comorbidades.

A prefeitura recomenda o preenchimento de um pré-cadastro no site Vacina Já para agilizar o atendimento.

Rio de Janeiro (RJ)

Pessoas de 54 anos podem se vacinar no Rio

Pessoas de 54 anos podem se vacinar no Rio

Divulgação/Secretaria Municipal de Saúde

Nesta sexta (11), é a vez de pessoas com 54 anos de idade serem vacinadas contra a covid-19. As mulheres serão atendidas no turno da manhã, de 8h às 13h, enquanto homens devem ir aos locais de vacinação à tarde, de 13h às 17h.

Para receber a primeira dose do imunizante, é necessário levar documento de identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a carteira de vacinação. Já para quem recebe a segunda dose, é importante levar o comprovante da primeira aplicação.

Ontem, a vacinação em primeira dose de mulheres grávidas e puérperas acima de 18 anos com comorbidades foi suspensa no Rio. O motivo foi a falta dos imunizantes Pfizer e CoronaVac, as únicas permitidas pelo Ministério da Saúde para este grupo.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a cidade aguarda o envio das doses para dar continuidade à campanha de imunização.

Belo Horizonte (MG)

Desde segunda-feira, a prefeitura vacina quem tem de 56 a 59 anos; trabalhadores de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; motoristas e cobradores; e trabalhadores do transporte metroviário e ferroviário.

Em BH, quem tem 56 anos já pode ir aos postos

Em BH, quem tem 56 anos já pode ir aos postos

Divulgação / Rodrigo Clemente / PBH

Hoje, os moradores de BH com 56 anos completos até 30 de junho podem tomar a vacina.

A gestão Kalil abriu um cadastramento para caminhoneiros registrados ou que trabalham para empresas de Belo Horizonte. A partir de sábado (12), os postos de saúde vão vacinar profissionais entre 18 e 59 anos completos até 30 de junho.

Para quem tem 57, 58 e 59 anos, a imunização também já está liberada e basta comparecer aos postos de saúde e locais de vacinação com a documentação necessária.

Desde a última quinta (10), trabalhadores de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, entre 18 e 59 anos, poderão se imunizar. Também na quinta, motoristas e cobradores de transporte coletivo rodoviário de passageiros, entre 18 e 59 anos, também poderão se vacinar. No mesmo dia, trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário, entre 18 e 59 anos, também podem procurar postos de saúde para receber o fármaco e se proteger da covid-19. Clique aqui para ver os locais de vacinação.

Brasília (DF)

Brasília continua vacinando pessoas com 58 anos ou mais sem comorbidades. Para receber a dose, é necessário agendar data e horário no site da SES (Secretaria de Saúde) e escolher o horário e ponto de imunização.

No entanto, nesta sexta-feira (11) o agendamento só está disponível para pessoas com comorbidades, acima de 18 anos, e grupos prioritários como pessoas com deficiência permanente inscritas no BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Ao todo, o Distrito Federal vacinou 735.966 pessoas com a 1ª dose, e 326.942 já receberam a 2 º dose.

Curitiba (PR)

A Prefeitura de Curitiba vacina nesta sexta-feira (11) pessoas com 56 anos completos nascidas entre 1º de julho e 31 de dezembro. Além deste grupo, trabalhadores de drogarias e farmácias de manipulação e funcionários da FAS (Fundação de Ação Social) já podem receber a 1º dose.

A vacinação dos professores e trabalhadores da Educação Básica, com 42 anos completos ou mais, que começou na quarta-feira (9), também continua na capital paranaense.

Para realizar o pré-cadastro exigido pela prefeitura, acesse o site Saúde Já. Até o momento, 561.958 pessoas receberam a 1º dose e 231.522 a 2º dose, completando o esquemade imunização.

Porto Alegre (RS)

Desde quarta-feira (9), homens e mulheres com 56 anos ou mais sem comorbidades podem  receber a primeira dose da vacina contra covid-19 na capital gaúcha. O governo também incluiu na campanha de vacinação os profissionais da educação infantil, nível médio e profissionalizante da rede pública e privada.

Além destes grupos, pessoas com mais de 18 anos com comorbidades e deficiências permanentes também podem ser imunizadas.

Diferente de outras capitais, em Porto Alegre não é necessário fazer um pré-agendamento. Até agora, 565.438 pessoas receberam a 1º dose e 318. 888 completaram imunização contra a covid-19.

Cuiabá (MT)

Cuiabá já vacina contra a covid-19 pessoas acima de 55 anos sem comorbidades, mas exige que tenham feito o pré-cadastro no site da prefeitura.

Além destas, pessoas com deficiência permanente inscritas no BPC (Benefício de Prestação Continuada), com 18 anos ou mais, e pessoas com comorbidades a partir de 18 anos também podem ser vacinadas na capital mato-grossense, assim como profissionais da saúde, da assistência social, da educação e das forças de segurança e salvamento.

Salvador (BA)

Salvador vacina pessoas de 51 anos hoje

Salvador vacina pessoas de 51 anos hoje

Bruno Concha/Prefeitura de Salvador

A capital baiana vacina hoje, das 9h às 14h, pessoas que precisam da 2ª dose de Oxford ou CoronaVac com data marcada até 13/6. Também vai aplicar a 2ª dose Oxford para pessoas com agendamento comprovado por meio do Hora Marcada e que possuem data de retorno até dia 11/6.

À tarde, as pessoas de 51 anos nascidas até 11 de janeiro de 1970 ou acima de 51 anos passam a ser vacinadas. A imunização vai das 14h às 19h. Veja aqui o público-alvo da vacinação na capital baiana nesta semana.

Para isso, é necessário estar com o nome na lista e, no ato da vacina, apresentar cartão SUS e documento oficial de identificação com foto.

Desde quarta (9), os caminhoneiros com carteira da categoria D podem tomar a vacina. Neste momento, a prioridade são os profissionais de 40 anos ou mais.

Para receber a vacina, todos devem estar cadastrados no sistema da SMS (Secretaria Municipal de Saúde).

Fortaleza (CE)

A capital cearense começou, no último domingo (6), a vacinar contra a covid-19 por idade. A aplicação é feita por agendamento, em ordem decrescente de idade, de pessoas de 59 anos até chegar aos 18 anos. Clique aqui e veja a lista de nomes agendados para receber o fármarco que previne a covid-19.

A vacinação, que está na 4ª etapa na cidade, já inclui: Forças de Segurança e Salvamento e Forças Armadas; pessoas em situação de rua; população privada de liberdade; funcionários do sistema de privação de liberdade; trabalhadores da educação do ensino básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA); e trabalhadores da educação do ensino superior.

A imunização também já está liberada para trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros; trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário; trabalhadores de transporte aéreo; trabalhadores de transporte aquaviário; caminhoneiros; trabalhadores portuários; e trabalhadores industriais.

Para fazer o agendamento, o fortalezense deve se cadastrar no sistema da prefeitura. Após a conclusão do preenchimento dos dados, o usuário deve checar o e-mail de confirmação para a finalização dessa etapa. Quem não receber confirmação do cadastro por e-mail precisa ligar para 0800-275-1475 e resolver a questão. Depois, basta acompanhar as listas de agendamento, com nome e local de vacinação, no site da prefeitura.

Belém (PA)

A Sesma (Secretaria Municipal de Saúde) imuniza, nesta sexta-feira (11), trabalhadores das forças de segurança pública e trabalhadores da educação que atuem no Ensino Fundamental. A vacinação deste segundo grupo também se estende para o sábado (12).

Para receber a vacina, é necessário apresentar RG, CPF, cartão SUS e o comprovante de vínculo com a categoria a que pertence o trabalhador a ser vacinado, conforme definido com os representantes de cada categoria. A prefeitura destaca que também é preciso ter o nome em lista anteriormente emitida. Para a segunda dose, será necessário ainda apresentar o cartão de vacinação.

Ao todo, Belém já aplicou mais de 540 mil doses, segundo a prefeitura.

Manaus (AM)

Manaus vacina nesta sexta-feira (11) pessoas com 52 anos, nascidas entre janeiro e junho. No sábado (12), receberão a 1º dose as pessoas da mesma idade, mas nascidas de julho a dezembro. Na segunda-feira (14), serão atendidos os de 51 anos, nascidos entre janeiro e junho, e, na terça-feira (15), nascidos entre julho e dezembro.

Para completar essa faixa de vacinação, na quarta-feira da próxima semana (16), serão imunizados quem tem 50 anos, nascidos entre janeiro e junho, e, na quinta-feira (17), nascidos entre julho e dezembro.

A prefeitura orienta a população de 50 a 52 anos, ainda não cadastrada, a fazer o registro no sistema Imuniza Manaus para facilitar o atendimento nos pontos de vacinação. No ato da vacinação, é necessário apresentar documento de identificação original, com foto, CPF e comprovante de residência (original e cópia) que demonstre que o usuário é morador de Manaus.

Últimas