Cidades CRM-PB constata colapso na ocupação de leitos Covid no Sertão paraibano

CRM-PB constata colapso na ocupação de leitos Covid no Sertão paraibano

Os hospitais referência para o tratamento da Covid-19 no Sertão paraibano estão com todos os 75 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados. Nas enfermarias, dos 75 leitos instalados, 64 estão ocupados, restando onze leitos disponíveis. Os dados foram levantados pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), nesta terça-feira (18). Apesar do incremento […]

Portal Correio
Leitos

Leitos

Portal Correio
Foto: Imagem ilustrativa/Divulgação/Codecom PMCG

Os hospitais referência para o tratamento da Covid-19 no Sertão paraibano estão com todos os 75 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados. Nas enfermarias, dos 75 leitos instalados, 64 estão ocupados, restando onze leitos disponíveis. Os dados foram levantados pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), nesta terça-feira (18).

Apesar do incremento do número de leitos de UTI entre os meses de março e maio, passando de 61 para 75, os serviços de saúde referência no atendimento à Covid-19 de Cajazeiras, Patos, Pombal e Piancó estão sobrecarregados. Todos estão com ocupação de 100% nos leitos de UTI. O Hospital Regional de Piancó está trabalhando acima do limite. Com sete leitos intensivos, há oito pacientes internados. Na enfermaria a situação se repete: são 12 leitos de enfermaria instalados, porém há 16 pacientes internados.

“O CRM-PB vem acompanhando o crescimento do número de casos de Covid-19 e o aumento de internações em UTIs e enfermarias em todo o Estado. A situação é preocupante em todas as regiões, especialmente no Sertão, em que identificamos percentuais de 100% em todos os serviços de saúde. Infelizmente, estamos vivenciando uma situação de colapso da rede pública de saúde do Sertão”, destacou o diretor de Fiscalização do CRM-PB, Bruno Leandro de Souza.

O levantamento do CRM-PB analisou cinco unidades de saúde referência Covid no Sertão paraibano. Os hospitais regionais de Patos e Cajazeiras e Pombal, além da UPA de Cajazeiras registraram 100% de ocupação. Já o Hospital Regional de Piancó está com 114%.

Nas enfermarias, a situação é semelhante, com 91% de ocupação. Há dez vagas no Hospital de Patos e uma no de Cajazeiras, mas no de Piancó o número de pacientes internados é superior à sua capacidade. As ocupações de enfermaria estão com estes índices: Hospital Regional de Patos (70%); Hospital Regional de Cajazeiras (95%); UPA de Cajazeiras (100%); Hospital Regional de Pombal (100%) e Hospital Regional de Piancó (133)%.

Últimas