Coronavírus

Cidades Curitiba vacina nascidos em 2008 contra Covid. Veja outras capitais

Curitiba vacina nascidos em 2008 contra Covid. Veja outras capitais

Cidade também vacinará idosos, imunossuprimidos e trabalhadores da saúde com a dose de reforço da vacina

Vacinação prossegue nesta sexta-feira (5)

Vacinação prossegue nesta sexta-feira (5)

Fernando Frazão/Agência Brasil - 03/08/2021

A vacinação contra a Covid-19 avança no país, e as capitais imunizam novas faixas etárias nesta sexta-feira (5). Na cidade de Curitiba (PR), por exemplo, haverá a aplicação de todos os tipos de dose sem exigência de agendamento.

Confira como será a vacinação contra a Covid-19 nas capitais brasileiras que divulgaram cronograma:

São Paulo

Os idosos com mais de 60 anos e profissionais da saúde maiores de idade continuam recebendo a terceira dose da vacina contra a Covid-19 na cidade de São Paulo nesta sexta-feira (5).

Os funcionários públicos que trabalham na GCM (Guarda Civil Municipal), são sepultadores ou fiscais da subprefeitura, além dos imunossuprimidos, que são pacientes que têm HIV ou pessoas que passaram por algum transplante, também estão elegíveis para receber o reforço.

Para os idosos, trabalhadores da saúde e funcionários públicos receberem a dose adicional, é necessário que tenham completado o esquema vacinal (com a segunda dose ou a dose única) há pelo menos seis meses. Já para os imunossuprimidos o intervalo é de 28 dias entre a segunda e a terceira dose.

Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro fará a repescagem da dose de reforço para homens com 63 anos ou mais (que tomaram a segunda dose há até três meses) e profissionais da saúde (que tomaram a segunda dose em maio).

Vale lembrar que o prazo da segunda dose da Pfizer foi antecipado para 21 dias para aqueles com mais de 30 anos que tomaram esse imunizante.

Vitória

Vitória aplicará, sem agendamento, a primeira dose nos adolescentes de 12 a 17 anos, a segunda dose de todas as vacinas (Coronavac, AstraZeneca e Pfizer) e a dose de reforço em trabalhadores da saúde e idosos com 60 anos ou mais.

Também haverá vacinação contra a influenza (gripe) para pessoas de 15 anos ou mais.

Curitiba

Curitiba vacinará adolescentes e aplica a dose de reforço para profissionais de saúde. Veja os públicos abaixo:

Primeira dose
- Pessoas nascidas até 2008
- Pessoas com 18 anos ou mais
- Gestantes e puérperas com 12 anos ou mais
- Adolescentes com comorbidades com 12 anos ou mais
Segunda dose
- Pessoas que têm a segunda dose agendada no aplicativo Saúde Já
- Pessoas que perderam a data da aplicação da segunda dose agendada no Saúde Já
Dose de reforço
- Profissionais de saúde vacinados com a segunda dose até 29 de abril
- Idosos com 68 anos ou mais vacinados com segunda dose até 3 de maio
- Imunossuprimidos vacinados com segunda dose até 6 de outubro

Salvador

- Primeira dose para pessoas com 12 anos ou mais;
- Segunda dose Pfizer e Oxford para pessoas que estejam com o reforço marcado para até dia 1º de dezembro;
- Terceira dose para trabalhadores da saúde e pessoas com 60 anos ou mais que tomaram a segunda dose até 7 de junho; e pacientes imunossuprimidos que tomaram a segunda dose até 5 de outubro.

João Pessoa

João Pessoa aplica todos os tipos de dose. É necessário levar documento oficial com foto e CPF; cartão do SUS (Sistema Único de Saúde) e comprovante de residência na cidade. Veja abaixo os públicos:

São Luís

São Luís fará a repescagem da primeira dose para todos os públicos a partir dos 12 anos. Também haverá segunda dose da Pfizer, AstraZeneca e Coronavac. A dose de reforço será aplicada em idosos, trabalhadores da saúde e imunossuprimidos. 

Últimas