Cidades Defesa de Cícero diz confiar em lisura das Eleições e soberania do voto

Defesa de Cícero diz confiar em lisura das Eleições e soberania do voto

A defesa do prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, disse, por meio

Portal Correio

A defesa do prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, disse, por meio de nota à imprensa, que ainda não foi notificada oficialmente sobre a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que pede a cassação da chapa vencedora nas Eleições 2020. Cícero Lucena e o vice, Léo Bezerra, são acusados pelo Ministério Público Eleitoral de abuso de poder político e econômico durante o pleito.

“Como ainda não houve a citação para apresentação da defesa, não se conhecem os termos da acusação veiculada pelo Ministério Público Eleitoral”, alega a defesa do prefeito. A nota assinada pelo advogado Pedro Pires acrescenta que respeita o posicionamento do MPE, mas acredita na lisura na condução da campanha e confia na total improcedência” da Aije. “A soberania da majoritária votação popular será preservada”, garante o texto.

De acordo com a Aije, teria colaborado com as irregularidades no processo eleitoral a gerente da 1ª Gerência Regional de Ensino, Wleica Honorato Aragão. Conforme o MPE, ela teria designado professores da rede pública estadual para trabalharem em pesquisas de intenção de voto.

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação informou que Wleica Honorato não irá se pronunciar sobre o caso, pois ainda não foi notificada pelo Ministério Público Eleitoral.

Últimas