Dia Online Parado por embriaguez na BR-060, caminhoneiro admite que bebeu por 12 horas seguidas

Parado por embriaguez na BR-060, caminhoneiro admite que bebeu por 12 horas seguidas

O homem, cuja embriaguez foi detectada pelo teste do bafômetro, seguia para o Mato Grosso do Sul e foi parado em Rio Verde.

O homem, cuja embriaguez foi detectada pelo teste do bafômetro, seguia para o Mato Grosso do Sul e foi parado em Rio Verde.

A direção alcoolizada é um dos fatores que mais causam acidentes nas rodovias, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). É algo óbvio mas que precisa ser enfatizado: se beber, não dirija. Mas um condutor parado pela polícia na tarde da última segunda-feira (11/2) na BR-060, em Rio Verde, parece ter tomado isso como um desafio. O homem, cuja embriaguez foi detectada pelo teste do bafômetro, confessou aos policiais que bebeu por 12 horas seguidas, e algum tempo depois seguiu viagem.

Conforme informações da PRF, o motorista de caminhão foi flagrado na tarde desta segunda-feira dirigindo alcoolizado quando seguia do município de Anápolis, em Goiás, para Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. Ele foi parado pela PRF em Rio Verde, no sudoeste goiano, e afirmou que havia ingerido bebidas alcoólicas por 12 horas no dia anterior.

Submetido ao teste do bafômetro, que apontou o teor alcoólico de 0,10 miligramas de álcool por litro de ar (o limite para que o condutor não seja multado é de 0,05 miligramas de álcool por litro de ar), o motorista profissional, de 45 anos, contou aos policiais que estava surpreso com o resultado pois havia parado de beber já fazia 15 horas.

Mesmo tendo ingerido álcool das 11h às 23h sem parar, conforme ele mesmo confessou, o condutor não imaginava que ainda pudesse estar alcoolizado. A quantidade constatada pelo aparelho enseja multa gravíssima no valor de quase R$ 3 mil, 7 pontos na carteira de motorista e seu recolhimento.

O veículo também foi autuado por estar com os pneus desgastados, sem condições de segurança, e a carga estava mal acondicionada, com a amarração irregular. O caminhão, que deveria percorrer 725 quilômetros até seu destino final, foi retido na unidade da PRF para ser regularizado e continuar a viagem em segurança.

Caso de caminhoneiro embriagado detido na BR-060 também foi registrado no ano passado

Em fevereiro do ano passado, um caso praticamente igual foi registrado na mesma altura, na BR-060, em Rio Verde, quando um caminhoneiro, de 59 anos, foi preso após ser flagrado dirigindo embriagado. Imagens veiculadas na época mostram quando o condutor sai do veículo e tem dificuldade de conversar e andar. O homem foi preso por embriaguez ao volante, multado em R$ 3mil e teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) aprendida.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o homem estava fazendo zigue-zague na pista e pensou estar em Jataí, enquanto estava em Rio Verde

    Access log