“A população não ajuda”

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou, por meio do boletim epidemiológico desta segunda-feira (28) que Mato Grosso do Sul registrou 16 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Com esse quantitativo, chega a 2.245 o número óbitos desde o início da pandemia. Conforme a estatística do Estado, são 129.484 casos confirmados, sendo 223 desde domingo […] O post “A população não ajuda” apareceu primeiro em Diário Digital.

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou, por meio do boletim epidemiológico desta segunda-feira (28) que Mato Grosso do Sul registrou 16 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Com esse quantitativo, chega a 2.245 o número óbitos desde o início da pandemia.

Conforme a estatística do Estado, são 129.484 casos confirmados, sendo 223 desde domingo (27). Ainda há 2.593 amostras em análise no Lacen (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul).

Dos infectados, 649 estão internados em hospitais públicos e privados no Estado. Destes, 311 estão em leitos de UTI, o que representa índice de 94% de taxa de ocupação. Em relação aos leitos clínicos, 205 estão sendo usados, o que representa percentual de 50% de ocupação.

Durante a transmissão ao vivo dos números, o secretário de saúde de MS, Geraldo Resende, fez um desabafo. “As pessoas não valorizam a vida. Nem a delas nem a dos outros”, lamentou. Ele classificou ainda como "desobediência e descompromisso” o comportamento de quem não segue as regras de distanciamento e uso. “A população não ajuda”, ressaltou.

Para a secretária-adjunta da SES, Christinne Maymone, o aumento de casos confirmados reflete o comportamento social no Estado. “Estamos com uma circulação viral grande e o perfil dos contaminados, mais de 60%, são de pessoas jovens, entre 20 e 49 anos, que precisam tomar cuidado. São pessoas que se descolam mais e que se aglomeram mais, por isso, aconselho: tomem mais cuidado, façam distanciamento social”.

Em tratamento, 649 pessoas estão hospitalizadas nas redes pública e privada do Estado e 12.670 em isolamento domiciliar.

O post “A população não ajuda” apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas