Diário Digital Ação do governo dá oportunidade à vítima de violência

Ação do governo dá oportunidade à vítima de violência

A violência doméstica e familiar atinge mulheres de todas as idades, de diversas classes sociais, profissões, raças, credos e níveis educacionais, tanto no campo como na cidade, e tem impacto negativo em toda a família, inclusive nas crianças e adolescentes que vivem nesse ambiente. Com o objetivo de avançar em passos mais largos e despertar […] O post Ação do governo dá oportunidade à vítima de violência apareceu primeiro em Diário Digital.

A violência doméstica e familiar atinge mulheres de todas as idades, de diversas classes sociais, profissões, raças, credos e níveis educacionais, tanto no campo como na cidade, e tem impacto negativo em toda a família, inclusive nas crianças e adolescentes que vivem nesse ambiente.

Com o objetivo de avançar em passos mais largos e despertar nas mulheres em situação de violência a possibilidade de recomeço de vida, com resgate da autoestima, qualificação profissional, inclusão no mercado de trabalho e geração de renda, contribuindo para a autonomia econômica e social , além de desenvolver competências sócio emocionais e empreendedoras, por meio do empoderamento feminino de mulheres que queiram iniciar ou aperfeiçoar o seu negócio, a Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM) lançou nesta quarta-feira (5) o Programa Recomeçar.

“É preciso pensar além das ações de sensibilização e conscientização da sociedade para o enfrentamento à violência, paralelamente aos projetos de empoderamento e divulgação da informação, mas também se faz necessário oferecer ações efetivas que ofereçam novas oportunidades e despertem nas mulheres a possibilidade de retomar as rédeas de sua vida, como uma 'porta de saída' para o ciclo da violência. É isso que pretendemos com o programa Recomeçar e por isso estamos fazendo o lançamento do programa no mês de agosto, quando falamos sobre prevenção e erradicação da violência doméstica”, explica a subsecretária Luciana Azambuja.

A primeira oficina é dividida em três módulos e destinada a grupos de mulheres indicadas pela SPPM e realizada em parceria com o Instituto Rede Mulher Empreendedora, uma organização da sociedade civil de apoio a projetos de empreendedorismo feminino, que tem apoio do Google e objetivo de capacitar 135 mil mulheres brasileiras em dois anos. Ela garante independência financeira e poder de decisão para as mulheres sobre negócios e vidas, por meio do programa “Ela Pode”. Serão abordados temas importantes para os desafios mais comuns na área do empreendedorismo e empregabilidade, tais como: comunicação, liderança, negociação, finanças, networking, marca pessoal e ferramentas digitais.

Todas as palestras, cursos e oficinas do “Programa Recomeçar” serão em ambientes virtuais, capacitando pequenos grupos para que se tornem multiplicadoras de conhecimento e possam assim formar uma grande rede de mulheres protagonistas de suas histórias.

Também como parte da agenda da campanha “Agosto Lilás”, serão realizadas lives com mulheres que se destacam nas áreas de empoderamento e empreendedorismo. Já confirmada a parceria do Sebrae/MS, representado por sua diretora técnica Maristela França, que falará sobre empreendedorismo em tempos de crise; a coach e escritora Monica Fernandes falará sobre empoderamento e liderança; a empresária Djenane Nogueira compartilhará sua história de sucesso à frente de uma equipe de mulheres que atuam no ramo da beleza; e a psicóloga, colunista e mentora de mulheres, Gina Strozzi, convidada do Estado do Espírito Santo, trará à reflexão o tema “Mulheres, isolamento e Covid-19”.

Acompanhe a nossa agenda na íntegra: clique aqui.

Para maiores informações sobre as oficinas e palestras, entre em contato pelo e-mail: mulheres@segov.ms.gov.br.

O post Ação do governo dá oportunidade à vítima de violência apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas