Diário Digital Advogada dá dicas para que o consumidor não se sinta lesado em suas compras ou trocas

Advogada dá dicas para que o consumidor não se sinta lesado em suas compras ou trocas

Para quem ganhou presentes de Natal e precisa realizar a troca, ou até mesmo fez compras por impulso, a advogada Maisa Marques, de 28 anos, explica como o consumidor deve agir para ter os seus direitos garantidos. Nesse período de festas, as vendas no comércio são responsáveis pela maior movimentação de compras, seja no varejo […] O post Advogada dá dicas para que o consumidor não se sinta lesado em suas compras ou trocas apareceu primeiro em Diário Digital.

Para quem ganhou presentes de Natal e precisa realizar a troca, ou até mesmo fez compras por impulso, a advogada Maisa Marques, de 28 anos, explica como o consumidor deve agir para ter os seus direitos garantidos.

Nesse período de festas, as vendas no comércio são responsáveis pela maior movimentação de compras, seja no varejo de rua ou em shoppings da Capital. Por isso, acompanhe as dicas para que você não se sinta lesado enquanto consumidor.

"Inicialmente, o consumidor deve ter muito cuidado no momento da compra, observando o produto e o valor, visto que alguns estabelecimentos acabam induzindo a compra de forma errada, ou seja, com valores abusivos. O consumidor deve verificar também se o produto está em perfeitas condições, para assim evitar transtornos futuros", esclarece a advogada.

Maisa Marques ainda deu dicas para aquelas pessoas que optaram fazer compras por meios virtuais. "E para aqueles consumidores que compram pela internet, devem analisar se o fornecedor e o site de compra são seguros. Verificar se há comentários positivos, referente a entrega e os produtos vendidos para evitar golpes. Com esses e outros cuidados, os consumidores estarão mais preparados para não serem lesados". enfatiza.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Troca de presentes: entenda seus direitos como consumidor (Foto: Divulgação)

Sobre a necessidade de trocar o presente recebido, Maisa Marques alerta para que o consumidor observe a política de troca, já que a maioria dos estabelecimentos segue o que determina o Código de Defesa do Consumidor.

"Aliás, a troca deve respeitar o valor pago pelo produto, mesmo que haja liquidações ou aumento de preço. Em casos de troca pelo mesmo produto, a loja não pode exigir complemento de valor. O consumidor também não pode pedir abatimento do preço caso haja mudança entre o que foi pago e o valor no dia da troca. É importante que a nota fiscal seja guardada para uma eventual troca, e em outros casos a etiqueta deve ser mantida na peça e só retirada quando houver a certeza de que o produto não precisará ser trocado. Por isso, é extremamente necessário observar o prazo de troca para evitar a perca do produto adquirido", frisa a advogada.

Ela acrescenta também que é importante lembrar que assim como qualquer outra compra, o consumidor deve analisar se o gasto será necessário e se entrará em seu orçamento. "No final de ano a maioria dos consumidores estão animados e as vezes acabam sendo lesados em algumas compras. Por isso, o consumidor deve ter muita cautela e sempre deve realizar os cálculos das compras parceladas para verificar se o valor da compra está correto e se não houve cobrança de juros abusivos. Essa precaução serve também para aqueles que compram pela internet, uma vez que há a cobrança do produto e do frete. E por fim, é bom analisar se o produto que deseja comprar, irá ser útil para as demais época do ano, evitando assim, gastos desnecessários", afirma.

Por fim, Maisa Marques deixa dicas importantes para alertar o consumidor. "O consumidor, antes de adquirir qualquer mercadoria ou produto, deve observar:

As propagandas e se o que foi ofertado, está dentro do preço do produto, para não pagar um valor acima do mercado. Exigir a nota fiscal da compra, para que tenha uma segurança no futuro. Observar nas compras de alimentos, a validade e o estado de conservação. Analisar o fornecedor, principalmente quando for compra pela internet.

Esses cuidados são fundamentais para evitar prejuízos futuros aos consumidores", finaliza.

O post Advogada dá dicas para que o consumidor não se sinta lesado em suas compras ou trocas apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas