Diário Digital Alunos de escola pública receberão celular e plano de telefonia mensal para usar nas aulas

Alunos de escola pública receberão celular e plano de telefonia mensal para usar nas aulas

O Projeto “Amizades gerando oportunidades na Educação” será apresentado neste sábado, 8 de Maio, aos pais e responsáveis, professores, alunos, com a participação da direção, coordenação e parceiros, explicando que a partir desse segundo bimestre, 30 alunos da Escola Estadual da Autoria Maria Constança Barros Machado serão beneficiados com o empréstimo de aparelhos celulares, chips […] O post Alunos de escola pública receberão celular e plano de telefonia mensal para usar nas aulas apareceu primeiro em Diário Digital.

O Projeto “Amizades gerando oportunidades na Educação” será apresentado neste sábado, 8 de Maio, aos pais e responsáveis, professores, alunos, com a participação da direção, coordenação e parceiros, explicando que a partir desse segundo bimestre, 30 alunos da Escola Estadual da Autoria Maria Constança Barros Machado serão beneficiados com o empréstimo de aparelhos celulares, chips e plano mensal para acessar as aulas e realizar atividades remotas.

Criado com o objetivo de contribuir para o combate à exclusão digital, o projeto foi desenvolvido à muitas mãos. A doação de 30 smartphones com chip e plano mensal de telefonia é o resultado de parceria entre instituições e empresas: Magazine Luiza, Fundação dos Rotarianos de Mato Grosso do Sul, Associação das Famílias de Rotarianos de Campo Grande (Casa Da Amizade), Rotary Club de Campo Grande, Escola Estadual da Autoria Maria Constança Barros Machado, juntamente com Associação de Pais e Mestres da escola.

“Desde o começo, a Fundação Rotária desenvolve um papel fundamental na área da educação, e através dos debates gerados pelo ciclo de palestras realizado pelo Rotary Clube de Campo Grande no ano passado, a ‘Educação 2020: Desafios e Oportunidades’ foi colocada em pauta, tornando nosso ponto de partida para essa ação conjunta”, explica Shirley Aparecida Siqueira Pessôa, presidente da Associação das Famílias de Rotarianos de Campo Grande (Casa Da Amizade).

O projeto conta com aporte financeiro da empresa Magazine Luiza, sendo os recursos repassados para a Casa da Amizade. “Não se trata apenas de consumo, mas da transformação de vidas por meio do acesso. O telefone celular é o principal dispositivo usado para acompanhar as aulas e realizar atividades remotas, então, a inclusão digital pode transformar a vida desses estudantes”, ressalta Marina Mandetta, advogada e líder do Grupo Mulheres do Brasil em Campo Grande – MS, representando a Magazine Luiza.

Para o defensor público João Miguel de Souza, atual presidente da Fundação dos Rotarianos de Mato Grosso do Sul, a missão é servir com excelência, por meio da educação, formando cidadãos éticos, solidários e competentes. “Acreditar na mudança que a educação proporciona deve ser um estilo de vida e a inclusão digital deve se tornar um direito do cidadão. Para que o bem aconteça, é preciso unir pessoas que acreditam um mesmo propósito”, ressalta.

Alex Walber, coordenador de área - Matemática e suas Tecnologias, da Escola, e também atual presidente do Rotary Club de Campo Grande, acredita que o impacto da pandemia vai ser ainda maior sem o acesso desses alunos ao mundo digital. “Precisamos nos mover em direção daqueles que precisam de nós. Se não criarmos conexões, parcerias, boa vontade, como esses alunos terão acesso à educação? Com a sua ajuda, podemos transformar a vida de mais pessoas da nossa cidade”, afirma.

Referência estadual no Ensino Médio, a Escola Estadual da Autoria Maria Constança Barros Machado atua em horário integral, fornece três refeições diárias, conta com um quadro de vinte e cinco professores, uma coordenação pedagógica com quatro coordenadores, com o total de 250 alunos.

“Temos alunos que não possuem acesso às aulas online, estão com celulares quebrados ou precisam aguardar os pais chegarem em casa para poder emprestar e participar. Nós sabemos da diversidade entre alunos, e é papel da escola minimizar diferenças e tentar equalizar da melhor forma. Receber este projeto é um prazer imenso, pois sabemos que nossos alunos serão beneficiados com direito de terem acesso à educação”, ressalta Reinaldo José Schmidt, diretor da escola.

Para Gabriela Nara Nicolatti, arquiteta, psicóloga e representante da Associação de Pais e Mestres da escola, a educação tem uma relação muito direta com a Economia e o futuro de uma Sociedade. “Uma ajuda sempre é somada, desde a pequena, como uma grandiosa. Acredito que muitas outras ações podem surgir e desejo que a Sociedade possa ter um olhar mais ativo e de atenção a educação, principalmente pós pandemia”, afirma.

Além de serem acompanhados pelos professores, o projeto também visa o incentivo ao envolvimento ativo das famílias na vida escolar dos alunos beneficiados, contribuindo nas atividades da Associação de Pais e Mestres, motivando os jovens para atuação no Grêmio Estudantil, ressaltando também a importância da comunicação e do diálogo em relação ao uso das tecnologias de maneira consciente, segura e responsável.

Parcerias - Associação das Famílias de Rotarianos de Campo Grande (Casa Da Amizade): Formada voluntariamente por esposas de Rotarianos, que há 60 anos destaca pelos serviços humanitários de caráter assistencial, moral e cultural, sem fins lucrativos, cooperando e auxiliando entidades filantrópicas, assistenciais e educativas; fundando, mantendo e orientando creches, lares, escolas e outras obras assistenciais necessárias à comunidade e ao bem-estar da coletividade.

Fundação dos Rotarianos de Mato Grosso do Sul: Desenvolve há vários anos atividades voltadas para alunos da rede pública escolar, destacando-se o fornecimento de tablets para aqueles que são premiados com as melhores redações com a temática da dengue e de uma das redações foi selecionada uma frase que hoje pode ser considerada como lema para a Fundação: “Para combater a dengue nem a água nem nós devemos ficar parados”. Este projeto foi iniciado atendendo 10 escolas municipais e devido ao seu sucesso foi ampliado para 58 unidades. As bibliotecas das escolas também foram beneficiadas com a doação de uma coleção com quarenta livros infanto-juvenis, para estimular a leitura.

Rotary Club de Campo Grande: Fundado há 81 anos, formado por voluntários de prestação de serviços à comunidade, sendo o mais antigo do Centro Oeste brasileiro, com inúmeros projetos sociais já realizados.

Escola Estadual da Autoria Maria Constança Barros Machado: inaugurada em 26 de agosto de 1954, pelo então Governador do Estado, Dr. Fernando Corrêa da Costa, projetado pelo Arquiteto Oscar Niemeyer Soares Filho, com formas que simbolizam um livro aberto, um apagador e um giz. Única obra duplicada (a outra fica no município de Corumbá com o nome de Escola Maria Leite de Barros) deste renomado arquiteto.

Magazine Luiza: Criado na década de 50, em Franca, no interior de São Paulo, tornou-se uma companhia orientada por ciclos de desenvolvimento. A partir de 2019, iniciou-se um novo momento como uma plataforma digital de varejo, um ecossistema que contribui para que milhares de outros negócios ingressem no universo das transações virtuais. No Brasil, tem se tornado referência na gestão do capital intelectual para o caminho digital como definição estratégica, com propósito bem definido: prover o acesso para muitos ao que atualmente é privilégio de poucos.

O post Alunos de escola pública receberão celular e plano de telefonia mensal para usar nas aulas apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas