Diário Digital Aos 15 anos, Eula Paola é mãe de um bebê recém-nascido e viúva

Aos 15 anos, Eula Paola é mãe de um bebê recém-nascido e viúva

A adolescente de 15 anos, esposa de Silas Barbosa da Silva, 18 anos, motoentregador que morreu em acidente de trânsito, na madrugada de sábado (23), quando voltava para casa, na Avenida Lúdio Mrtins Coelho, pediu ajuda financeira nas redes sociais para pegar a parcela da moto do marido. O veículo havia sido financiado há apenas […] O post Aos 15 anos, Eula Paola é mãe de um bebê recém-nascido e viúva apareceu primeiro em Diário Digital.

A adolescente de 15 anos, esposa de Silas Barbosa da Silva, 18 anos, motoentregador que morreu em acidente de trânsito, na madrugada de sábado (23), quando voltava para casa, na Avenida Lúdio Mrtins Coelho, pediu ajuda financeira nas redes sociais para pegar a parcela da moto do marido. O veículo havia sido financiado há apenas dois meses e o jovem era a única renda da família.

 Silas morreu por volta das 3h30, no momento em que trafegava pela Rua Tenente Antônio João Ribeiro no cruzamento da avenida. As circunstâncias do acidente envolvendo um caminhão estão sendo apuradas.

O motoentregador deixou um filho que irá completar dois meses de vida e a esposa de 15 anos. Eles moravam a cerca de 2 quilômetros do local onde ocorreu o acidente, em uma casa cedida pela mãe do rapaz.  A última vez que a adolescente teve notícias do marido foi às 2h29 da madrugada quando ele mandou: “Amor, eu tô indo”.

“Eu acordei umas 6h30 e ele não estava do meu lado na cama. Olhei o celular e vi a mensagem. Mandei um oi e ele não respondeu. Passei a procurar por ele quando me mandaram a notícia sobre o acidente”, conta a esposa Eula Paola Teixeira.

Depois do acidente, Eula voltou para a casa da mãe com o filho Kauê, mas precisa pagar algumas dívidas, como a parcela da moto que tinha sido financiada há dois meses. Mesmo com a ajuda da família, enquanto o seguro do veículo não cobre o prejuízo, o financiamento deve ser pago e a adolescente diz que eles não têm condições.

“O Silas era nosso porto seguro, muito trabalhador. Ele se virava para nos manter, fazendo entrega durante o dia e a noite. Além de serviço de jardinagem. Era nossa única renda e minha mãe não tem condições de bancar as despesas mais imediatas sozinha”, explica.

Nas redes sociais, a menina publicou um texto emocionante pedindo ajuda.

“Ele (Silas) se foi fazendo o que mais amava, foi um guerreiro em sua profissão. Defendendo seu sustento na raça, sempre com aquela alegria contagiante, carisma e simpatia. Sonhador... cheio de planos e projetos, em busca do melhor para a sua família.  Vai fazer muita falta meu amor. E por meio desta ação solidária entre amigos e solidários, venho pedir ajuda, pois a nossa única renda era a do meu Silas e ficou contas para ser pago que não estava no nome dele, estava em nome de terceiro. Qualquer ajuda será bem-vinda, doe segundo seu coração, pode ser a quantia que você puder”, diz a publicação.  

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Esposa de motoentregador morto em acidente pede ajuda (Reprodução/Facebook)

Para ajudar Eula Paola enquanto o seguro não libera o valor do veículo e ela não consegue a indenização do seguro DPVAT, pode depositar qualquer valor na conta da mãe da adolescente. Doações de fraudas e leite para o bebê também são necessárias.

Agência: 3497-5

Conta: 16911-0

Banco do Brasil

Pix: CPF 014510621-76

O post Aos 15 anos, Eula Paola é mãe de um bebê recém-nascido e viúva apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas