Diário Digital Após carreata, bancários são recebidos por secretário de Saúde

Após carreata, bancários são recebidos por secretário de Saúde

Carreata organizada pelo Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região (SEEBCG-MS) marcou a manhã desta quarta-feira (16), na Capital. O movimento reuniu bancários para reivindicar a importância da inclusão da categoria no grupo prioritário de vacinação contra Covid-19. "Estamos fazendo nossa carreata aqui hoje, junto com os seis sindicatos do Estado, para entregar esse […] O post Após carreata, bancários são recebidos por secretário de Saúde apareceu primeiro em Diário Digital.

Carreata organizada pelo Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região (SEEBCG-MS) marcou a manhã desta quarta-feira (16), na Capital. O movimento reuniu bancários para reivindicar a importância da inclusão da categoria no grupo prioritário de vacinação contra Covid-19.

"Estamos fazendo nossa carreata aqui hoje, junto com os seis sindicatos do Estado, para entregar esse documento para o Secretário de saúde, pedindo a inclusão dos bancários no plano de imunização do Estado", informou a presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e região, Neide Rodrigues.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Luciano Muta)

De acordo com a presidente, "as agência bancárias são lacradas, agências fechadas, com pouca ventilação ou seja, ela passa a ser um foco de disseminação do vírus. Em Campo Grande, o número de bancários de 18 a 40 anos são em torno de 876 trabalhadores", explicou.

Segundo dados apresentados pelo Dieese, com base no Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), a média de desligamentos por mortes sem especificação na categoria passou de 18,3 óbitos no primeiro trimestre de 2020 para 50,6 óbitos no primeiro trimestre deste ano.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Luciano Muta)

"O serviço bancário foi classificado como serviço essencial no início da pandemia, então por questão de coerência, a categoria bancária também precisava ser incluída na categoria priorizada como essencial para vacinação", afirma o bancário Carlos Alberto Longo.

A gerente de relacionamento, Andréia Souza de 39 anos, ressaltou a importância de incluir a categoria na vacinação.


“Nós atendemos o público em geral, não temos como saber se a pessoa está ou não contaminada, nós estamos em risco o tempo todo, até mesmo porque pegamos em dinheiro, cartões, documentos, então o risco e contaminação vão além de nós mesmo, porque não sou apenas eu, é toda a minha família, podemos acabar levando a doença para dentro de nossa casa”, afirma.

Além da carreata, o movimento contou ainda com a entrega de documento ao Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende. Seis sindicatos de municípios de Mato Grosso do Sul subscrevem o documento de reinvindicação da vacina: o de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá, Ponta Porã e Naviraí.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Luciano Muta)

Ao recepcionar os bancários, Geraldo Resende disse que "a luta de vocês tem a nosso apoio integral, só que nós precisamos de definições que fogem da competência do secretário. E no que depender do secretário, imunizaria todo mundo, até sonhando em imunizar a partir de 12 anos de idade e os adolescente com comorbidade com a vacina da Pfizer", afirmou o secretário estadual de Saúde de MS.

O post Após carreata, bancários são recebidos por secretário de Saúde apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas