Diário Digital Após protestos, prefeito de Coronel Sapucaia desiste de lockdown

Após protestos, prefeito de Coronel Sapucaia desiste de lockdown

Após protestos de vários setores, o prefeito da cidade de Coronel Sapucaia (MS) Rudi Petzold (MDB) voltou atrás lockdown (fechamento total) que tinha decretado na semana passada como forma de enfrentar a pandemia do novo coronavírus. O município localizado na fronteira com o Paraguai é o único de Mato Grosso do Sul na bandeira cinza […] O post Após protestos, prefeito de Coronel Sapucaia desiste de lockdown apareceu primeiro em Diário Digital.

Após protestos de vários setores, o prefeito da cidade de Coronel Sapucaia (MS) Rudi Petzold (MDB) voltou atrás lockdown (fechamento total) que tinha decretado na semana passada como forma de enfrentar a pandemia do novo coronavírus.

O município localizado na fronteira com o Paraguai é o único de Mato Grosso do Sul na bandeira cinza (faixa de risco extremo) na classificação do Programa de Saúde e Segurança na Economia (Prosseguir). Coronel Sapucaia tem 480 casos confirmados de Covid-19 e sete mortes pela doença.

Uma das manifestações contrárias ao lockdown partiu da Câmara de Vereadores. “O MUNICÍPIO já iniciou a imunização das pessoas mais vulneráveis o que afasta a necessidade de um novo lockdown, pois com os mais vulneráveis vacinados gradativamente os leitos de hospitais ficarão mais vazios e não haverá mais superlotações”, diz manifesto público da Casa de Leis.

O prefeito tinha decretado o fechamento total entre os dias 13 e 21 de Fevereiro. Mas, diante da pressão, voltou atrás nesta segunda-feira, 15, e baixou novo decreto.

Pelo texto, está ratificado o estado de calamidade pública devido à pandemia, mas autorizou abertura de comércios e outros estabelecimentos desde que respeitem as medidas sanitárias.

Atividades religiosas também estão liberadas desde que com distanciamento social e ações de prevenção. O uso de máscaras continua obrigatório na cidade.

 O toque de recolher foi reduzido em uma hora, passando a vigorar das 21h às 5h do dia seguinte. Neste horário, está vedada a circulação de pessoas no município, salvo em caráter excepcional de saúde.

O decreto mantém suspenso e tempo indeterminado, a abertura de estabelecimentos dedicados à realização de festas, eventos ou recepções, clubes, violadas, shows e similares.

O post Após protestos, prefeito de Coronel Sapucaia desiste de lockdown apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas