Diário Digital Árvore está doente e será removida, diz Semadur

Árvore está doente e será removida, diz Semadur

A poda de uma árvore centenária no Centro de Campo Grande levantou questionamentos e polêmicas nesta semana. Nas redes sociais, houve quem denunciasse a suposta ‘poda radical’ da Falsa-seringueira (Ficus elastica), de aproximadamente 25 metros de altura, localizada na Praça do Rádio Clube. Contudo, segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, a […] O post Árvore está doente e será removida, diz Semadur apareceu primeiro em Diário Digital.

A poda de uma árvore centenária no Centro de Campo Grande levantou questionamentos e polêmicas nesta semana. Nas redes sociais, houve quem denunciasse a suposta ‘poda radical’ da Falsa-seringueira (Ficus elastica), de aproximadamente 25 metros de altura, localizada na Praça do Rádio Clube.

Contudo, segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, a Semadur, a árvore estaria doente e com risco de queda. Por isso, está sendo removida.

Na tarde desta quarta-feira, 9 de Setembro, uma equipe da Energisa fazia a poda de galhos, para preservação da rede de energia elétrica.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Fotos: Marco Miatelo)

Conforme a secretaria, no mês de Julho foi realizada vistoria preventiva nas árvores da praça. Na ocasião, descobriu-se que a Falsa-seringueira estaria em péssimo estado fitossanitário.

O documento constatou ausência de vitalidade, risco de queda de partes dela, pontos de necrose no fuste e nos ramos, além de infestação de cupim e fungos (contaminação sistêmica), atacando principalmente os ramos mais altos e mais espessos da árvore.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Fotos: Marco Miatelo)

“Portanto, considerando o estado fitossanitário, o risco de queda de parte(s) desta árvore e consequentes danos à integridade física de pessoas que circulam no local além de possível acidente em decorrência da queda de galhos que possam atingir a rede elétrica, a referida árvore se enquadra no Artigo 22 da Lei Complementar n. 184 sendo recomendada a remoção”, informou a Semadur em nota encaminhada ao Diário Digital.

O trabalho de poda para a remoção da árvore começou na semana passada, logo após a queda de um galho. A secretaria não informou prazos para a conclusão do serviço e nem revelou se existem outras árvores com remoção prevista.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Fotos: Marco Miatelo)

O post Árvore está doente e será removida, diz Semadur apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas