Diário Digital Assassino ligou para ex-mulher logo após matar comerciante

Assassino ligou para ex-mulher logo após matar comerciante

A mulher apontada como motivo para o assassinato do comerciante Hugo Gonçalves, de 29 anos, foi ouvida nesta quinta-feira (7), na 3ª DP (Delegacia de Polícia), em Campo Grande. Ela afirmou que está separada do suspeito Maikon Lucas Matias, de 22 anos, há quase um mês e que foi o ex-marido que procurou por ela […] O post Assassino ligou para ex-mulher logo após matar comerciante apareceu primeiro em Diário Digital.

A mulher apontada como motivo para o assassinato do comerciante Hugo Gonçalves, de 29 anos, foi ouvida nesta quinta-feira (7), na 3ª DP (Delegacia de Polícia), em Campo Grande. Ela afirmou que está separada do suspeito Maikon Lucas Matias, de 22 anos, há quase um mês e que foi o ex-marido que procurou por ela logo após matar o patrão.

Em depoimento, ela disse que Maikon ligou para ela depois de matar Hugo mandando que saísse da casa onde morava com um bebê, filho deles. Com medo, ela ficou hospedada com parentes e disse à polícia que não falou mais com o ex-marido.

De acordo com o delegado Ricardo Meirelles, a mulher confirmou que Maikon viu uma mensagem de Hugo no Facebook para ela e não gostou, mas em momento algum teria comentado que mataria ou iria tirar satisfação com a vítima. A testemunha disse que se desfez do celular e destruiu o chip.

“Não podemos afirmar se, realmente, o print da conversa é verdadeiro. Porém, essa mensagem só reforça a qualificadora de motivo fútil”, afirmou o delegado.

Maikon Lucas está foragido por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e recurso que impossibilitou defesa da vítima. Ontem (6), ele divulgou um vídeo na internet com perfil falso acusando a vítima de “agiota” e “traidor”.

No vídeo, o rapaz afirma “não matei por causa de dinheiro não, porque passava R$ 30, 40 mil ali na minha mão toda hora, bolada de dinheiro. Se fosse por causa de dinheiro, eu tinha matado ele quando passava 100 mil na minha mão. Foi trairagem, porque ele deu em cima da minha mulher, falou que eu não era nada”.

Maikon disse que as notícias veiculadas sobre ele não são verdadeiras e que Hugo não teria dado nada ao funcionário. “Nada disso é verdade o que estão postando, que ele me deu moradia. Logicamente, o cara era como um irmão para mim, mas traiu a minha confiança, trairagem”.

Em continuação, ele detalha como teria descoberto a suposta traição do patrão que chama de “sócio”. “Ele deu em cima da minha mulher e ainda queria me matar. Ele mandou uma mensagem e eu visualizei porque eu tenho o Facebook dela logado no meu celular. Eu visualizei a mensagem e aí fiquei quieto, na minha”, conta.

O post Assassino ligou para ex-mulher logo após matar comerciante apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas