Diário Digital Bombeiros resgatam cadelas abandonadas que precisam de novo lar

Bombeiros resgatam cadelas abandonadas que precisam de novo lar

Militares do Canil do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS) estão em busca de um lar para duas cadelas que foram resgatadas na segunda-feira, dia 1º de fevereiro, no Bairro Jardim Seminário, próximo a UCDB. O resgate ocorreu durante um treinamento dos cães dos bombeiros. Moradores viram um carro deixar os […] O post Bombeiros resgatam cadelas abandonadas que precisam de novo lar apareceu primeiro em Diário Digital.

Militares do Canil do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS) estão em busca de um lar para duas cadelas que foram resgatadas na segunda-feira, dia 1º de fevereiro, no Bairro Jardim Seminário, próximo a UCDB. O resgate ocorreu durante um treinamento dos cães dos bombeiros. Moradores viram um carro deixar os animais perto de terreno baldio e ir embora.

Thiago Kalunga, sargento do Corpo de Bombeiros, foi um dos militares que esteve no resgate e, apaixonado por cachorros, abriu a casa dele como lar temporário para as cadelinhas.

“Estávamos treinando os cães de buscas do Corpo de Bombeiros e populares avisaram a gente que tinham dois cachorros que tinham sido abandonados. Um morador até contou que viu o carro deixar as cadelas e ir embora”, relata o militar.

Quando chegou ao local, a equipe se deparou com duas as cadelas assustadas na calçada. “Eles estavam com fome, sede, cheias de carrapato, malcuidadas, apesar de serem saudáveis”, disse Kalunga.

As cadelas usavam coleira, confirmando a situação de abandono. Os militares fizeram o cerco e depois de várias tentativas conseguiram resgatar uma delas, a outra fugiu correndo para o meio do mato.

No dia seguinte, o sargento junto com sua parceira Laika (cadela de resgate dos Bombeiros) foram caminhar no mesmo local, na esperança de encontrar a outra cachorra. “Nós ficamos chateados por não conseguir resgatar as duas, não queríamos que elas fossem separadas. Quando retornei ao local e a encontrei, eu e Laika ficamos cerca de meia hora tentando ganhar a confiança dela, até que conseguimos”.

Os animais receberam atendimento veterinário na mesma clínica que trata os cães do Corpo de Bombeiros, receberam os cuidados como remédio para carrapato, vermífugos, tomaram banho e, segundo o sargento, estão saudáveis.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Cadelas foram encontradas por grupo de Bombeiros, na Capital (Divulgação)

As cadelas ganharam até apelidos: "Zero 1" e "Zero 2", assim como quando os militares estão na escola de formação e são chamados por números.

Como Kalunga já tem dois cães em casa não pode adotar definitivamente as irmãs e está numa campanha para achar uma casa onde elas recebam o amor e cuidado que, até o resgate, não ganharam.

O sargento diz que toda a equipe que participou do resgate ficou revoltada com a situação. “Ficamos extremamente indignamos com isso, não é a primeira vez que flagramos situações dessas e muitas não têm como a gente fechar os olhos, precisamos atuar. Abandono de animais é crime e quem for flagrado abandonado ou cometendo maus-tratos é preso”.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Irmãs receberam tratamento veterinário e estão saudáveis (Divulgação)

Abandonar ou maltratar animais é crime previsto pela Lei Federal nº 9.605/98. Vale lembrar que uma nova legislação, a Lei Federal nº 14.064/20, sancionada em setembro de 2020, aumentou a pena de detenção que era de até um ano para até cinco anos para quem cometer este crime.

Clamamos pela população para que não abandone animal. Dê um jeito de doar, buscar ONGs, protetores ou nem adote se não tem condições de cuidar. A pessoa precisa entender que quando cria um bicho tem gastos, trabalho e, se não está disposta, não deve pegar um animal para criar”, finaliza o sargento.

Adoração – Quem tiver interesse em adotar as cadelas “Zero 1” e “Zero 2” pode entrar em contato com o sargento do Corpo de Bombeiros Thiago Kalunga pelo telefone (67) 9 8409-6969. É fundamental que elas sejam adotadas por um mesmo dono para que não precisem se separar, o que causaria um estresse ainda maior nos animais.

Conheça a história de "Zero 1" e "Zero 2":

O post Bombeiros resgatam cadelas abandonadas que precisam de novo lar apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas