Diário Digital Brasil e México se enfrentam na madrugada por vaga na final olímpica

Brasil e México se enfrentam na madrugada por vaga na final olímpica

Brasil e México se enfrentam na próxima terça-feira (3), às 5h (horário de Brasília), no Estádio de Kashima. O jogo vale uma vaga na final da Olimpíada de Tóquio 2020, para manter vivo o sonho do bicampeonato olímpico. Um dia depois de vencer o Egito, a Seleção Brasileira voltou a campo para o seu primeiro […] O post Brasil e México se enfrentam na madrugada por vaga na final olímpica apareceu primeiro em Diário Digital.

Brasil e México se enfrentam na próxima terça-feira (3), às 5h (horário de Brasília), no Estádio de Kashima. O jogo vale uma vaga na final da Olimpíada de Tóquio 2020, para manter vivo o sonho do bicampeonato olímpico.

Um dia depois de vencer o Egito, a Seleção Brasileira voltou a campo para o seu primeiro treinamento antes da semifinal dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Os comandados de André Jardine foram divididos em dois para duas atividades diferentes no domingo (1), que deram início ao trabalho para o confronto com o México.

Os jogadores que foram titulares na partida contra o Egito não trabalharam com bola e fizeram apenas um trabalho regenerativo, a fim de recuperá-los da melhor maneira possível com o curto intervalo entre as duas partidas.

Exceção foi o goleiro Santos, que trabalhou com preparador Rogério Maia e os companheiros Brenno e Lucão. O restante dos atletas foram ao gramado do Yumenoshima Stadium para um treino conduzido por Jardine.

Na segunda-feira (2), Jardine já terá o grupo completo à disposição para trabalhar de olho no duelo com o México, que vale vaga na grande decisão.

A única dúvida fica por conta da presença de Matheus Cunha, que segue em tratamento de contratura sentida durante a vitória sobre o Egito. O departamento médico acompanha a evolução do jogador, que é dúvida para a semifinal contra o México. Nesta segunda-feira, ele passará por exames de imagem.

“Matheus é um atleta muito dedicado. Iniciou tratamento logo após o jogo e seguiu pela madrugada. Ele está reagindo muito bem. Mas o intervalo entre os jogos é muito curto. Não temos como fazer qualquer previsão. O caso dele requer avaliação constante. Vamos aguardar até horas antes da partida”, comentou Marco Azizi, médico da Seleção Olímpica.

(Informações CBF)

O post Brasil e México se enfrentam na madrugada por vaga na final olímpica apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas