Campo Grande tem recorde de calor, aponta Inmet

O ar esquentou em Campo Grande nesta quarta-feira, 9 de setembro. A capital de Mato Grosso do Sul estabeleceu um novo recorde de calor, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, o Inmet. Os termômetros registraram 38,0°C às 15 horas (Brasília), 14 horas local, e neste horário a umidade relativa do ar era de apenas 13%. […] O post Campo Grande tem recorde de calor, aponta Inmet apareceu primeiro em Diário Digital.

O ar esquentou em Campo Grande nesta quarta-feira, 9 de setembro. A capital de Mato Grosso do Sul estabeleceu um novo recorde de calor, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, o Inmet.

Os termômetros registraram 38,0°C às 15 horas (Brasília), 14 horas local, e neste horário a umidade relativa do ar era de apenas 13%. O recorde anterior de maior temperatura para o ano de 2020 era de 37,5°C, em 31 de agosto.

Confira algumas altas temperaturas MS na tarde desta quarta-feira, pela medição do Inmet.

Coxim (MS): 41°C

Água Clara (MS): 40,7°C

Ribas do Rio Pardo (MS): 39,8°C

Centro-Oeste - Nível de umidade no ar em áreas do Centro-Oeste tem estado tão baixo que já chegou ao nível de emergência, abaixo dos 12%.

O aeroporto de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, registrava 40°C às 15 horas local, com apenas 10% de umidade no ar.

Pela medição do INMET, a umidade relativa do ar atingiu marcas de 11% e 12% nesta quarta-feira, 9, em Água Clara (MS) com 11%, Coxim (MS), Cassilândia (MS), Primavera do Leste (MT), Rondonópolis (MT), Sonora (MS), Costa Rica (MS) todas com 12%.

Índices de umidade abaixo dos 15% vão continuar sendo registrados em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás nos próximos dias.

O post Campo Grande tem recorde de calor, aponta Inmet apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas