Diário Digital Campo Grande vai investir R$ 1 milhão em esporte e lazer

Campo Grande vai investir R$ 1 milhão em esporte e lazer

Durante , O diretor da Fundação Municipal de Esportes (Funesp) de Campo Grande, Claudinho Serra esteve na solenidade de assinatura do decreto que regulamenta o Fundo Municipal de Esporte e Lazer, no Parque Ayrton Senna e falou dos projetos para esse ano e para 2022. Segundo o diretor a iniciativa é inédita. "Hoje nós estamos […] O post Campo Grande vai investir R$ 1 milhão em esporte e lazer apareceu primeiro em Diário Digital.

Durante ,

O diretor da Fundação Municipal de Esportes (Funesp) de Campo Grande, Claudinho Serra esteve na solenidade de assinatura do decreto que regulamenta o Fundo Municipal de Esporte e Lazer, no Parque Ayrton Senna e falou dos projetos para esse ano e para 2022.

Segundo o diretor a iniciativa é inédita. "Hoje nós estamos regulamentando o fundo de apoio ao esporte, inédito nessa gestão do Prefeito Marquinhos Trad, que graças a sensibilidade do executivo em conjunto com legislativo, construiu para que seja atendido cinco formatos diferentes de custeio do poder público perante o esporte. Um para pesquisa e estudo, primeiro braço desse projeto. O segundo é para construção, qualificação e reforma de equipamentos comunitários, e federações", informou

De acordo com Claudinho Serra ainda está previsto a liberação de recurso no valor de R$ 250 mil. "Será destinado para trazer grandes eventos, eventos nacionais e internacionais para Campo Grande, e agora em tempo de coronavírus nós estamos readequando esse formato, é inédito, pela primeira vez a Funesp vai conveniar direto com a associação de moradores, então onde tiver equipamentos esportivos, equipamentos de lazer nós vamos custear para que sejam feitas melhorias.", afirmou.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diretor da Funesp Claudinho Serra (Foto Luciano Muta)

"Nós vamos está abrindo o credenciamento na semana que vem, hoje é a assinatura e vai ser aberto, o que eu tenho falado é que vai ser da forma mais democrática possível, tentando evitar e cortar os caminhos da burocracia para que seja feita de uma maneira simplificada para que a gente atenda o maior número de associações e as federações.", disse.

Conforme Claudinho Serra, com o avanço da vacinação será possível a retomada dos eventos. "Temos uma expectativa de até sexta-feira 90% da população adulta já vacinada. Então eu acredito que de maneira gradual, respeitando o distanciamento, e o que preconiza a Organização Mundial da Saúde, retornaremos com os eventos. Os jogos indígenas serão lançados ainda nesse ano, a Copa Campo Grande, vamos trazer um jogo da super liga de vôlei, então gradativamente nós vamos está retornando esse ano", afirmou.

O diretor da Funesp acrescentou ainda que a Federação de Vôlei ainda não confirmou a data dos jogos, mas já está agendada uma visita técnica para o final do mês. "O Guanandizão está sendo entregue de volta para os eventos esportivos, vai sair da vacina e aí sim, a gente vai pôde passar uma programação mais específicas com as datas. A gente está pensando em adotar um formato do 'Corona Free', que São Paulo já está adotando, Paraná, Estado Unidos e alguns países da Europa, que é com a carteira de vacinação, o evento é aberto para quem já foi vacinado, mas isso ainda precisa ser estudado", ressaltou.

Tempo hábil- Apesar da vontade de retomar as atividades, Claudinho ponderou a realização dos trabalhos em função do tempo. "Nós estamos nessa tratativa com a câmara e até pelo avançar do ano talvez não dê para a gente gastar todo esse recurso trazendo grandes eventos.

"As federações vão estar recebendo o material esportivo e vai está sendo feita a contratação. única transferência que vai haver em dinheiro é direto com as associações para reforma e qualificação de espaço.", destacou.

Segundo o diretor da Funesp serão destinados "50 mil reais para pesquisas científicas do esporte, 250 mil para atrações de grandes eventos, 200 mil para apoiar atletas e equipes de alto rendimento e 500 mil para celebração de parcerias com as associações para reforma e qualificação", informou.

"Temos expectativa de que haja evento ainda esse ano, a gente está fazendo o lançamento dos radicais urbanos, que é um evento nacional, e esse ano já adianto que vem inédito, tem também a canoagem olímpica e paraolímpica, a liga das nações e uma rodada da dança artística, mas a gente acredita que vai ter um saldo disso que nós vamos requalificar para outros projetos." concluiu.

O post Campo Grande vai investir R$ 1 milhão em esporte e lazer apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas