Diário Digital Castramóvel vai percorrer bairros mais pobre da Capital

Castramóvel vai percorrer bairros mais pobre da Capital

Campo Grande está recebendo uma unidade móvel completa, com mobiliário, gaiolas, equipamentos e instrumentos cirúrgicos, para a realização de castração em cães, em regime de mutirão. Atualmente, o procedimento é feito somente em felinos no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O castramóvel deve percorrer bairros com maior vulnerabilidade social, contribuindo com o controle de […] O post Castramóvel vai percorrer bairros mais pobre da Capital apareceu primeiro em Diário Digital.

Campo Grande está recebendo uma unidade móvel completa, com mobiliário, gaiolas, equipamentos e instrumentos cirúrgicos, para a realização de castração em cães, em regime de mutirão. Atualmente, o procedimento é feito somente em felinos no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O castramóvel deve percorrer bairros com maior vulnerabilidade social, contribuindo com o controle de zoonoses e populacional destes animais . A previsão é de que sejam realizados em média de 25 a 30 procedimentos aos fins de semana.

O investimento na unidade foi de R$ 198,3 mil, sendo R$ 100 mil provenientes de emenda parlamentar do deputado estadual Márcio Fernandes e R$ 98,3 mil de recursos próprios. O município fez a aquisição de um veículo adaptado, no valor de aproximadamente R$ 195 mil para transporte do insumo necessário para castrações, gaiolas e aquipe do CCZ, para dar suporte às ações.

A coordenadora do CCZ, Juliana Rezende, explica que, além da castração, outros serviços poderão ser disponibilizados para a população pela equipe da unidade móvel, como orientações sobre o combate e prevenção da leishmaniose, guarda responsável e saúde pública.

“É uma forma de mobilizar toda a comunidade e conscientizar sobre vários outros temas importantes. É um trabalho que será fundamental para que a gente avance ainda mais em relação às políticas públicas para o controle de zoonoses”, ponderou.

Conforme a coordenadora será feito um trabalho prévio de engajamento social para conscientizar a população sobre a importância do controle da natalidade, assim como para prevenir maus tratos e abandono. Atualmente a população canina é de cerca de 160 mil animais no município.

O município aguarda a liberação do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MS),com base na resolução CRMV-MS nº 91 de janeiro de 2020, bem como os trâmites burocráticos em relação ao emplacamento e autorização de circulação do veículo pelo DETRAN, para que o programa seja iniciado. A data e local ainda serão definidos.

A castração de felinos continua sendo realizada no CCZ através de agendamento prévio online. Os procedimentos chegaram a ser paralisados em razão da pandemia de Covid-19, mas já retornaram. O agendamento é feito todo dia 20 de cada mês pelo site: https://castracao.campogrande.ms.gov.br/

O post Castramóvel vai percorrer bairros mais pobre da Capital apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas