Diário Digital Com namorada no capô do carro, Rafael estava a 95 km/h no momento do acidente

Com namorada no capô do carro, Rafael estava a 95 km/h no momento do acidente

O laudo da perícia mostrou que Rafael de Souza Carrelo, dirigia a 95 km/h com a namorada Mariana Vitória Vieira Lima, ambos de 19 anos, em cima do capô do carro, quando perdeu o controle da direção e causou o acidente que provocou a morte da jovem, atropelada, na noite de 15 de maio. Conforme […] O post Com namorada no capô do carro, Rafael estava a 95 km/h no momento do acidente apareceu primeiro em Diário Digital.

O laudo da perícia mostrou que Rafael de Souza Carrelo, dirigia a 95 km/h com a namorada Mariana Vitória Vieira Lima, ambos de 19 anos, em cima do capô do carro, quando perdeu o controle da direção e causou o acidente que provocou a morte da jovem, atropelada, na noite de 15 de maio.

Conforme os peritos, a alta velocidade foi fator preponderante para que o jovem perdesse o controle ao fazer a curva na Avenida Arquiteto Rubens Gil de Camilo, em frente ao Shopping Campo Grande. A velocidade limite no local para que o condutor fosse capaz de realizar a curva com segurança, sem perder o controle, é de 88 km/h.

Por isso, o jovem derrapou na pista, bateu no meio-fio, arremessando a namorada que estava em cima do capô. Em seguida, ela foi atropelada pelo carro de Rafael.

O laudo foi encaminhado ao Ministério Público (MPMS) no dia 23 de junho. Agora, a acusação tem 10 dias para se manifestar. Na época do acidente, Rafael chegou a ser preso, mas foi liberado dois dias depois com uso de tornozeleira eletrônica. Ele responde por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Tragédia anunciada - Câmeras de segurança a qual a Polícia Civil teve acesso mostraram que Rafael também andou sobre o capô do carro, enquanto a namorada Mariana dirigiu.  O registro bateu com a segunda versão apresentada pelo rapaz na delegacia de que a jovem morreu durante uma “brincadeira” do casal.

Mariana trocou de lugar com o namorado e se pendurado no capô. Minutos depois, houve o acidente e a jovem morreu no local.

O acidente aconteceu por volta das 4h30 do sábado (15). Rafael estava visivelmente embriagado, passou por teste do bafômetro que apontou 0,89 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

O post Com namorada no capô do carro, Rafael estava a 95 km/h no momento do acidente apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas