Diário Digital Depois de 4 anos foragido, homem condenado por latrocínio é preso

Depois de 4 anos foragido, homem condenado por latrocínio é preso

Foragido desde junho de junho de 2017, Genivaldo da Silva Duran, de 36 anos, conhecido pelo apelido de "Merdão", foi localizado e preso na tarde de quinta-feira (11) por policiais do Setor de Investigação Geral da Polícia Civil de Ladário. Ele é condenado a 13 anos e quatro meses de prisão por latrocínio (roubo seguido […] O post Depois de 4 anos foragido, homem condenado por latrocínio é preso apareceu primeiro em Diário Digital.

Foragido desde junho de junho de 2017, Genivaldo da Silva Duran, de 36 anos, conhecido pelo apelido de "Merdão", foi localizado e preso na tarde de quinta-feira (11) por policiais do Setor de Investigação Geral da Polícia Civil de Ladário. Ele é condenado a 13 anos e quatro meses de prisão por latrocínio (roubo seguido de morte).

Miguel Atagiba Giordano, foi morto em 14 de abril de 2004, depois que “Merdão” e outras quatro pessoas, três delas menores de idade na época, invadiram a casa dele no bairro Guaicurus, em Corumbá.

A vítima foi agredida, teve os pés e mãos amarradas e foi sufocada com um pedaço de pano até a morte por asfixia. Um dos três menores envolvidos, era uma adolescente que manteve relação sexual com Miguel, momentos antes do crime, segundo a denúncia do Ministério Público Estadual.

Depois de matar a vítima, o grupo levou um aparelho de TV, um vídeo cassete, um relógio de parede, um celular e outros objetos de uso pessoal. Após as investigações, os policiais chegaram aos envolvidos no latrocínio e recuperaram os objetos furtados atrás de um morro, próximo à casa em que os menores infratores moravam.

"Merdão" e o outro homem que participou do crime foram condenados.

O post Depois de 4 anos foragido, homem condenado por latrocínio é preso apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas