Diário Digital Depois de 6 meses, polo do Guanandizão encerra atendimentos

Depois de 6 meses, polo do Guanandizão encerra atendimentos

Inaugurado no dia 23 de março, o Polo de Vacinação contra a Covid-19 Guanandizão, instalado no Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, na região da Vila Piratininga, encerrou nesta semana os atendimentos à população. Durante o período de funcionamento, foram mais de 130 mil campo-grandenses vacinados. Neste primeiro momento, as equipes do Guanandizão devem atuar nas […] O post Depois de 6 meses, polo do Guanandizão encerra atendimentos apareceu primeiro em Diário Digital.

Inaugurado no dia 23 de março, o Polo de Vacinação contra a Covid-19 Guanandizão, instalado no Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, na região da Vila Piratininga, encerrou nesta semana os atendimentos à população. Durante o período de funcionamento, foram mais de 130 mil campo-grandenses vacinados.

Neste primeiro momento, as equipes do Guanandizão devem atuar nas ações itinerantes que estão percorrendo supermercados, terminais de ônibus, comunidades carentes e locais de grande circulação de pessoas.

“Nós iremos aproveitar estes profissionais para intensificar nossas ações e o trabalho de busca ativa, considerando que a vacinação itinerante tem apresentado resultados satisfatórios, considerando que neste momento estamos trabalhando com um público limitado. Desta forma, vamos tentar realizar ao menos duas intervenções em pontos distintos da cidade por semana, ampliando o acesso da população e contribuindo para ampliar a nossa cobertura vacinal”, explica o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho.  Até o momento, mais de 6 mil pessoas foram vacinadas nestas ações, sendo uma parcela significativa ainda com a primeira dose.

O secretário reforça que a rede tem capacidade para absorver toda a demanda do local, não havendo assim prejuízos no atendimento à população.

“Hoje nós temos mais de 50 pontos de vacinação espalhados pelas sete regiões do Município, incluindo três drives (Ayrton Senna, Albano Franco e UCDB), o Polo Seleta, além das unidades de saúde, que tem capacidade de vacinar até 18 mil pessoas por dia. Portanto, a população não será prejudicada com o encerramento das atividades do Guanandizão”, enfativa. O Município está buscando ainda  viabilizar a abertura de um novo ponto fixo de vacinação através de parcerias.

Número de vacinados

Do dia 23 de março a 29 de setembro, 131.912 pessoas foram vacinadas no Polo Guanandizão, sendo 69.381 com a primeira dose, 50.859 com a segunda dose, 5.914 com a dose de reforço (terceira dose) e 5.758 com a dose única.

No dia 20 de agosto, o Polo Guanandizão comemorou a marca de 100 mil pessoas vacinadas com uma intervenção artística realizada em parceria com a Subcretaria de Políticas para a Juventude (SubJuv).

Desde o dia 19 de janeiro, início da vacinação emergencial contra a Covid-19, 641.547 pessoas tomaram a primeira dose, o equivalente a 70.8% de toda a população campo-grandense. Destas, 542.625 pessoas foram vacinadas com as duas doses ou dose única e estão completamente imunizadas, o que representa uma cobertura de 59.89%. Conforme dados parciais do “Vacinômetro” desta quinta, 66.973 pessoas já receberam a dose de reforço (terceira dose). No total, 1,2 milhão de vacinas foram aplicadas na Capital.

(Com informações da prefeitura)

O post Depois de 6 meses, polo do Guanandizão encerra atendimentos apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas