Diário Digital Desde do começo da pandemia já foram investidos mais de R$ 77 milhões no enfrentamento à Covid-19

Desde do começo da pandemia já foram investidos mais de R$ 77 milhões no enfrentamento à Covid-19

A capacidade de adaptação às mudanças causadas em razão da pandemia do novo coronavírus no sistema de saúde foi um dos maiores desafios do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), para o enfrentamento à Covid-19. O coronavírus trouxe impactos importantes e mudou a rotina dos 2,7 milhões de habitantes […] O post Desde do começo da pandemia já foram investidos mais de R$ 77 milhões no enfrentamento à Covid-19 apareceu primeiro em Diário Digital.

A capacidade de adaptação às mudanças causadas em razão da pandemia do novo coronavírus no sistema de saúde foi um dos maiores desafios do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), para o enfrentamento à Covid-19. O coronavírus trouxe impactos importantes e mudou a rotina dos 2,7 milhões de habitantes no Estado. Com aporte financeiro estadual e federal, a SES investiu mais de R$ 77 milhões na compra de medicamentos, insumos, EPIs, além de testes para o enfrentamento à Covid-19.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, todo esse trabalho foi realizado por determinação do governador Reinaldo Azambuja, “que nos deu a missão de fazer tudo o que precisasse ser feito, com transparência. Até hoje não faltaram leitos e nem remédios para os sul-mato-grossenses. Mas tudo isso ainda é pouco sempre que uma vida é levada pela Covid-19, mas seguiremos lutando diariamente para vencer essa pandemia”. 

Com o aumento exponencial no número de casos em dezembro, que infelizmente já ultrapassou a marca de 120 mil contaminados pela Covid-19. Geraldo Resende destaca que a luta contra o coronavírus só terá êxito se os municípios seguirem à risca às medidas restritivas orientadas pelo Programa Prosseguir.

“É preciso que tenhamos medidas restritivas, toque de recolher mais extenso e que as atividades não-essenciais deixem de serem feitas sob pena de termos o colapso na Saúde Pública do Estado. Precisamos de medidas restritivas, de acordo com aquilo que nós construímos ao longo deste enfrentamento com o Programa Prosseguir”, pontua o secretário.

A secretária-adjunta da SES, Crhistinne Maymone, também endossa o alerta à população. “Estamos em uma curva ascendente em progressão geométrica. A circulação viral está altíssima no Estado. Por isso, recomendamos que os cidadãos façam uso de máscara, higienização das mãos com álcool em gel e mantenham o distanciamento social. Evitem saídas desnecessárias”.

Investimento no enfrentamento à Covid

Desde o início da pandemia, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) não mediu esforços para conter o avanço do coronavírus no Estado. Entre recursos estaduais e federais, a SES investiu R$ 8.312.303,31 na compra de materiais farmacológicos, como medicamentos usados exclusivamente no combate à Covid-19.

Os aportes não pararam por aí, mais R$ 34.277.848,02 entre recursos estaduais e federais, foram utilizados para a compra de materiais hospitalares, laboratorial/químico, e de limpeza e conservação.

Com recursos próprios, a SES investiu R$ 4.642.465,76 na compra de Equipamento de Proteção Individual (EPI), onde máscaras foram adquiridas e doadas, bem como, materiais de proteção e segurança comprados. E mais R$ 3.089.500,00 em recursos federais disponibilizados foram comprados materiais químicos como testes para Covid-19. Do total investido nas ações R$ 24.916.103,96 foram do Estado e R$ 25.406.013,20 são recursos federais.

Na semana passada, o Governo do Estado ainda liberou socorro emergencial municípios e hospitais ampliarem ações de combate à pandemia de coronavírus em Mato Grosso do Sul. O recurso foi de R$ 27,5 milhões.

Municípios sede das macro e microrregiões de saúde foram beneficiados. Além deles, foram contempladas cidades que possuem leitos de UTI custeados pelo poder público. Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bataguassu, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Jardim, Nova Andradina, Naviraí, Ponta Porã e Paranaíba foram beneficiados.

Entre as unidades de saúde, Clínica Campo Grande, Hospital Adventista do Pênfigo, Hospital de Câncer Alfredo Abrão (HCAA), Hospital El Kadri, Proncor e Santa Casa receberam recursos.

O post Desde do começo da pandemia já foram investidos mais de R$ 77 milhões no enfrentamento à Covid-19 apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas