Diário Digital Enfermeiro de MS pode ter registro cassado por furto de vacina da H1N1

Enfermeiro de MS pode ter registro cassado por furto de vacina da H1N1

Em sessão de julgamento de processos éticos realizada no dia 17 de agosto, o plenário do Coren-MS indicou a cassação de um profissional de enfermagem por furto de vacina contra a H1N1. Os autos foram remetidos ao Conselho Federal de Enfermagem, para deliberação da cassação. O presidente do Coren-MS, Dr. Sebastião Duarte, explica que a […] O post Enfermeiro de MS pode ter registro cassado por furto de vacina da H1N1 apareceu primeiro em Diário Digital.

Em sessão de julgamento de processos éticos realizada no dia 17 de agosto, o plenário do Coren-MS indicou a cassação de um profissional de enfermagem por furto de vacina contra a H1N1. Os autos foram remetidos ao Conselho Federal de Enfermagem, para deliberação da cassação.

O presidente do Coren-MS, Dr. Sebastião Duarte, explica que a atitude do profissional foi antiética e ilegal, pois contrariou as legislações que regulamentam a Enfermagem como profissão e as leis que regem todos os cidadãos. “Esse é um caso isolado de profissional com má conduta que deverá ser penalizado por seus atos”, comenta.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Quatorze conselheiros formam o plenário do Coren-MS reunidos para a sessão de julgamento ético (Foto: Ascom/Coren-MS)

Se a decisão do Regional for homologada, o profissional perderá o direito de exercer a profissão. Quando isso ocorre, são definidos o tempo de impedimento para o exercício profissional e se ele poderá ser reabilitado e voltar a trabalhar na área.

O julgada do processo ético relacionado ao furto de vacina foi feito pelo Conselho com base na Lei nº 5.905/1973. O caso também é tratado pela Justiça comum, e seu julgamento poderá gerar outras sanções à acusada.

O post Enfermeiro de MS pode ter registro cassado por furto de vacina da H1N1 apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas