Diário Digital Escolas municipais poderão reprovar alunos que desapareceram das atividades

Escolas municipais poderão reprovar alunos que desapareceram das atividades

As escolas da Rede Municipal de Ensino, a Reme, de Campo Grande (MS) farão progressão continuada dos alunos, ou seja, aprovarão os estudantes automaticamente. Porém, o conselho de professores de cada escola poderá reprovar os alunos que não compareceram às atividades remotas encaminhadas pelas escolas. O ano de 2020 foi atípico nas escolas em razão […] O post Escolas municipais poderão reprovar alunos que desapareceram das atividades apareceu primeiro em Diário Digital.

As escolas da Rede Municipal de Ensino, a Reme, de Campo Grande (MS) farão progressão continuada dos alunos, ou seja, aprovarão os estudantes automaticamente. Porém, o conselho de professores de cada escola poderá reprovar os alunos que não compareceram às atividades remotas encaminhadas pelas escolas.

O ano de 2020 foi atípico nas escolas em razão da pandemia do novo coronavírus. Nos colégios municipais, as aulas foram suspensas em Março  e o ano letivo será encerrado sem atividades presenciais. Agora, os educadores discutem como conduzir os alunos para o próximo ano.

“Existe sim a possibilidade de reprovação dos alunos. Mas, a decisão cabe ao conselho de professores da escola que analisará caso a caso (...) No caso específico, de aluno desapareceu o conselho decidirá”, informou Waldir Leonel Superintendente de Gestão das Políticas Educacionais da Reme.

Conforme Leonel, a decisão foi tomada após pesquisa feita com as associações de pais e metres que optaram pela retenção de alguns alunos. “Precisa ser justificada a retenção analisando o processo social destas crianças para que não se cometam injustiças com as crianças neste processo”, explicou.

A Reme tem 98 escolas e 104 Emeis atendendo cerca de 109 mil alunos.

O post Escolas municipais poderão reprovar alunos que desapareceram das atividades apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas