Estado suspende ensino híbrido

Uma das medidas anunciada pelo governador Reinaldo Azambuja durante a live extraordinária foi a suspensão do ensino híbrido nas escolas da rede estadual de ensino. O ano letivo que começou no dia 1º de março mesclando aulas remotas e presenciais com distanciamento, biossegurança e turmas reduzidas, passa agora ser unicamente no formato remoto. Reinaldo Azambuja […] O post Estado suspende ensino híbrido apareceu primeiro em Diário Digital.

Uma das medidas anunciada pelo governador Reinaldo Azambuja durante a live extraordinária foi a suspensão do ensino híbrido nas escolas da rede estadual de ensino. O ano letivo que começou no dia 1º de março mesclando aulas remotas e presenciais com distanciamento, biossegurança e turmas reduzidas, passa agora ser unicamente no formato remoto. Reinaldo Azambuja justificou a decisão baseada no “volume enorme de contaminações”.

A partir de amanhã, a sistema digital estará disponível aos alunos da rede onde estão matriculados 210 mil estudantes em 345 escolas A medida de descartar o ensino híbrido no momento levou em consideração a orientação do COE, o Centro de Operações de Emergência.

Ainda de acordo com o governador, a sugestão de continuar com o ensino remoto partiu da Secretaria de Saúde. O titular da pasta, Geraldo Resende, participou da live e reforçou a gravidade do cenário pandêmico apresentando o boletim epidemiológico desta terça-feira (09).

De acordo com o balanço, o Estado tem hoje 725 pacientes internados com a covid-19 em leitos clínicos ou de terapia intensiva de hospitais públicos ou privados de Mato Grosso do Sul. Esse é o maior índice já registrado desde o começo da pandemia. “Atingimos o topo, durante todo o início da pandemia, em internações hospitalares. Temos 725 sul-mato-grossenses internados", informou o secretário estadual de Saúde.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Secretário de Saúde e secretária de Educação participaram de live (foto: Reprodução)

O boletim detalha também que são 22 óbitos registrados apenas nas últimas 24 horas. Assim o total de mortes chega perto de 3,5 mil. Desde ontem foram confirmados mais 884 infectados.

Outro índice que preocupa é a taxa de contágio, que indica tendência de quantos novos infectados pela doença serão registradas no dia seguinte. Atualmente, está em 1,02 - ou seja, para cada 100 infectados hoje, amanhã provavelmente serão 102 novos. "Nós que já atingimos 0,92 há poucos dias atrás, hoje estamos com 1,02. É um crescimento acelerado da doença", ressaltou o titular da pasta da saúde.

O post Estado suspende ensino híbrido apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas