Diário Digital Filhos de assassina de chargista são levados à delegacia

Filhos de assassina de chargista são levados à delegacia

Policiais da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídio) estiveram na casa de dois filhos da massagista Clarice Silvestre, de 44 anos, na manhã desta quarta-feira (25), no Bairro Coophavila II, em Campo Grande. A polícia investiga se eles têm participação no assassinato do chargista Marco Antônio Rosa Borges, de 54 anos. Após […] O post Filhos de assassina de chargista são levados à delegacia apareceu primeiro em Diário Digital.

Policiais da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídio) estiveram na casa de dois filhos da massagista Clarice Silvestre, de 44 anos, na manhã desta quarta-feira (25), no Bairro Coophavila II, em Campo Grande. A polícia investiga se eles têm participação no assassinato do chargista Marco Antônio Rosa Borges, de 54 anos.

Após as buscas em dois endereços localizados nas ruas Louro Verde e Beira Mar, no Coophavila II, os dois foram levados para prestar esclarecimentos na delegacia.

Clarice Silvestre teve a prisão temporária decretada e passou por audiência de custódia na manhã desta quarta-feira (25), onde o juiz avaliou as condições da prisão e a manteve detida. Ela foi levada de volta da Delegacia de Homicídios para ser interrogada logo após a polícia colher o depoimento dos filhos dela.

A polícia trabalha para esclarecer a dinâmica do crime e acredita que haja a participação de outras pessoas.

O crime - Aos policiais militares de São Gabriel do Oeste, onde se entregou, a massagista relatou que tinha um relacionamento aberto com Marco Antônio e, no dia 21 de novembro, eles discutiram. A vítima teria dado dois tapas em seu rosto e ela empurrou o chargista da escada que bateu a cabeça no chão. Em seguida, ela foi até a cozinha, pegou uma faca e desferiu vários golpes na vítima.

Para se livrar do corpo, a massagista esquartejou o corpo, colocou dentro de um saco de lixo e depois em três malas. Levou até uma casa abandonada no Jardim Corcovado e colocou fogo nas malas.

Após cometer o crime, Clarice foi até a casa de seu filho, em Campo Grande, e depois viajou para Coxim para ver as outras filhas e só então, procurar a polícia da cidade vizinha.

O post Filhos de assassina de chargista são levados à delegacia apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas