Diário Digital Guarda é xingada e recebida a pedradas por acabar com “farra” na Capital

Guarda é xingada e recebida a pedradas por acabar com “farra” na Capital

A abordagem da Guarda Civil Metropolitana ocorreu na noite de quarta-feira (21) em um bar na Avenida Guaicurus. As equipes foram atacadas com pedradas. Os festeiros, além de não respeitarem o toque de recolher, ainda queriam agredir os agentes que faziam a fiscalização. O bar estava aberto além do horário permitido pelo toque de recolher, […] O post Guarda é xingada e recebida a pedradas por acabar com “farra” na Capital apareceu primeiro em Diário Digital.

A abordagem da Guarda Civil Metropolitana ocorreu na noite de quarta-feira (21) em um bar na Avenida Guaicurus. As equipes foram atacadas com pedradas. Os festeiros, além de não respeitarem o toque de recolher, ainda queriam agredir os agentes que faziam a fiscalização.

O bar estava aberto além do horário permitido pelo toque de recolher, mas quando as equipes chegaram foram recebidas de forma agressiva. As pessoas que estavam ali arremessaram pedras contra as viaturas da Guarda e se recusavam a sair do local.

Com a hostilidade, as equipes solicitaram apoio de mais viaturas da Guarda Municipal e, só então, os participantes do evento correram e dispersaram. O evento se tratava de um pagode ao vivo.

 Após os clientes se dispersarem, o proprietário do bar se apresentou com sua esposa que trabalha no caixa do local. Os músicos e os proprietários do estabelecimento foram conduzidos para a delegacia por descumprimento do decreto.

 Além disso, as equipes da Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana) e Vigilância Sanitária constataram que o proprietário não possui alvará.

Cinco pessoas foram levadas para a delegacia e o estabelecimento “Medeiros Conveniência” foi lacrado por não possuir alvará de funcionamento.

“Festinha de aniversário” -  Após diversas denúncias via 153 da GCM, relatando que havia uma festa com aglomerações de pessoas em uma casa de festas no bairro Santa Monica, as equipes foram até o local.

Ao chegar, a Guarda verificou mais de 100 pessoas no local fazendo consumo de bebidas. Foi identificado o proprietário da casa que, ao ser questionado, afirmou que locou para um indivíduo de vulgo Gigante que também foi identificado.

Ambos foram conduzidos para a delegacia, assim como um jovem de 21 anos que insultou e xingou os guardas. Ele também foi conduzido por obstrução do serviço policial, desacato.

O post Guarda é xingada e recebida a pedradas por acabar com “farra” na Capital apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas