Diário Digital Homem é condenado a 48 anos de prisão por estuprar os dois filhos

Homem é condenado a 48 anos de prisão por estuprar os dois filhos

Um ex-professor de biologia da Rede Municipal, de 40 anos, foi condenado a 48 anos e 9 meses de prisão em regime fechado por estuprar os dois filhos, na época, uma menina de 8 e um menino de 5 anos, em Rio Negro. O caso foi denunciado em 2020, mas segundo as crianças, os abusos […] O post Homem é condenado a 48 anos de prisão por estuprar os dois filhos apareceu primeiro em Diário Digital.

Um ex-professor de biologia da Rede Municipal, de 40 anos, foi condenado a 48 anos e 9 meses de prisão em regime fechado por estuprar os dois filhos, na época, uma menina de 8 e um menino de 5 anos, em Rio Negro. O caso foi denunciado em 2020, mas segundo as crianças, os abusos já aconteciam há cerca de três anos.

Conforme a denúncia, os abusos ocorriam quando a menina passava as férias com o pai. Ela foi a primeira a ser abusada, em 2015. Dois anos depois, o homem passou a cometer o crime com o filho mais novo.

As crianças eram obrigadas a assistirem filmes pornográficos e ameaçadas de morte, caso contassem algo. Os estupros foram denunciados depois que a menina sofreu uma crise de pânico ao receber a visita do pai e contou a mãe o que acontecia.

Quando a irmã mais velha relatou a violência, logo a polícia descobriu sobre o menino. O professor foi preso no ano passado e julgado no último dia 4 de maio. A condenação foi publicada em Diário da Justiça desta terça-feira (11), assim como a perda do cargo na rede pública.

A condenação levou em conta a gravidade do crime, os danos psicológicos causados nas crianças, como as crises de pânico e o fato da menina tentar cometer suicídio. A pena foi aumentada pelo agravante da ligação familiar do autor com a vítimas, as ameaças e a frequência em que os crimes eram cometidos. Ele tentou a revogação de sua prisão em março deste ano, mas a justiça negou.

O post Homem é condenado a 48 anos de prisão por estuprar os dois filhos apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas