Homem é multado em R$ 36 mil por voçoroca

Um proprietário rural, residente em Guaíra, no Paraná, foi autuado por Policiais Militares Ambientais de Mundo Novo, que realizavam fiscalização nas propriedades rurais daquele município e localizaram em sua propriedade, processo erosivo de grande porte nesta quarta-feira (24). A falta de conservação do solo foi a causa do surgimento de uma voçoroca de grande proporção com […] O post Homem é multado em R$ 36 mil por voçoroca apareceu primeiro em Diário Digital.

Um proprietário rural, residente em Guaíra, no Paraná, foi autuado por Policiais Militares Ambientais de Mundo Novo, que realizavam fiscalização nas propriedades rurais daquele município e localizaram em sua propriedade, processo erosivo de grande porte nesta quarta-feira (24). A falta de conservação do solo foi a causa do surgimento de uma voçoroca de grande proporção com ramificações e várias ravinas, sendo o canal principal de 255 metros de comprimento, por 15 metros de largura e três de profundidade.

O processo erosivo, que atingiu o lençol freático, causou a degradação de área protegida de preservação permanente de matas ciliares, carreando o sedimento erodido para um córrego que corta a propriedade, causando seu assoreamento. Os Policiais verificaram no local que, ao invés de realizar um projeto de recuperação da área degradada, o proprietário estava lançando vários tipos de resíduos, desde galhadas, resíduos de construção civil e até domésticos, como sofás, televisões, entre outros. A PMA determinou a interdição da área para proteção e recuperação, com proibição de atividades agrícolas e pecuárias. 

O proprietário rural de 75 anos, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 36.000,00 pelos danos ambientais encontrados na propriedade. Ele também responderá por crime ambiental de destruir área de preservação permanente. Se condenado por este crime, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. 

O post Homem é multado em R$ 36 mil por voçoroca apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas