Diário Digital Hospital rebate acusação de familiares de paciente sobre negligência

Hospital rebate acusação de familiares de paciente sobre negligência

A Diretoria do Hospital Regional Dr. Estácio Muniz e a Gestão Municipal de Aquidauana, se pronunciaram por meio de uma nota de esclarecimento sobre as alegações de familiares de Juan Thalles Miranda dos Santos, de 20 anos, que ele estaria sendo negligenciando durante tratamento de uma cirurgia. O paciente foi socorrido em uma casa noturna […] O post Hospital rebate acusação de familiares de paciente sobre negligência apareceu primeiro em Diário Digital.

A Diretoria do Hospital Regional Dr. Estácio Muniz e a Gestão Municipal de Aquidauana, se pronunciaram por meio de uma nota de esclarecimento sobre as alegações de familiares de Juan Thalles Miranda dos Santos, de 20 anos, que ele estaria sendo negligenciando durante tratamento de uma cirurgia. O paciente foi socorrido em uma casa noturna da cidade, na madrugada de 12 de dezembro, vítima de uma facada no abdômen.

O pai de Juan divulgou informações que o filho estaria na maca da enfermaria com dor, vomitando fezes, sem a equipe médica oferecer o suporte necessário à sua recuperação.

A diretoria do hospital, afirma que as alegações são inverídicas e foram recebidas com “extremo descontentamento e chateação por parte da equipe médica”.

Segundo esclarecimento, o paciente Juan Thalles Miranda dos Santos deu entrada no Hospital Regional, alcoolizado, com ferimento por arma branca em abdome superior e, desde então, está sendo assistido pelo médico-cirurgião André Fraga Rueda e pelo médico Diogo Bossay.

O jovem passou por procedimentos cirúrgicos em abdômen e tórax nos últimos dias e encontra-se estável. “Juan está em uso de antibióticos para controle infeccioso, urinando e alimentando-se normalmente. Não há necessidade de transferência para Campo Grande, pois nossa Unidade Hospitalar conta com competentes cirurgiões, como o Dr. André”, rebate a administração da unidade sobre o pedido do pai para que o filho fosse transferido para a Capital.

A respeito da informação de que o paciente apresenta vômitos fecaloides (vômitos com fezes), o hospital também diz que ela é mentirosa.

A Secretária Municipal de Saúde Cláudia Franco Fernandes, junto com a enfermeira Juliana Miranda, o médico André Rueda e o assistente social Paulo Roberto, conversaram com Juan e com o homem que se apresentou como pai dele e, na verdade, é padrasto, “tranquilizando que o paciente está bem assistido e não corre risco, porém com uma recuperação delicada, devido ao ferimento causado pela arma branca”, afirma nota.

O post Hospital rebate acusação de familiares de paciente sobre negligência apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas