Diário Digital Incêndio destrói três barracos na Favela da Esperança

Incêndio destrói três barracos na Favela da Esperança

Por volta das 11h30 desta terça-feira, 30 de Setembro, a Favela da Esperança localizada no bairro Jardim Noroeste teve início ao incêndio que destruiu três barracos de 210 famílias. Moradores afirmam que o incêndio começou por conta de que o antigo lixão que é próximo da favela e, explicaram que não é de hoje que […] O post Incêndio destrói três barracos na Favela da Esperança apareceu primeiro em Diário Digital.

Por volta das 11h30 desta terça-feira, 30 de Setembro, a Favela da Esperança localizada no bairro Jardim Noroeste teve início ao incêndio que destruiu três barracos de 210 famílias. Moradores afirmam que o incêndio começou por conta de que o antigo lixão que é próximo da favela e, explicaram que não é de hoje que vem fazendo estragos na comunidade. O fogo atingiu até 3 hectare do local.

Paola de Oliveira, de 35 anos de idade, é vizinha da favela e relatou que viu tudo desde começo. “Foram vários picos de fogo, pois, com os restos de lixo que ficam no antigo lixão e com esse tempo seco, o fogo concentrou e destruiu três barracos”.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Paola de Oliveira de 35 anos é vizinha da favela e viu o fogo se alastrar
(Foto: Marco Miatelo)

A moradora Solange Manoel, de 48 anos, teve a parte da trás da sua casa destruída. Na hora do ocorrido, ela não estava em casa e seu marido estava trabalhando. Com diversas ligações dos vizinhos, souberam o que estava acontecendo e voltaram a casa para salvar os utensílios domésticos.
“Eu e meu marido moramos aqui tem dois anos e, desde cheguei, todo ano acontece o incêndio. Temos sempre que passar por essa situação. Ninguém faz nada para nos ajudar”.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Edivaldo Amaral de 39 anos é marido de Solange, ele estava olhando tudo abalado
(Foto: Marco Miatelo)

Primeira moradora e responsável pela Favela da Esperança é a Claudemir da Silva de 44 anos, conversou com a equipe do Diário Digital e relatou que sempre quando o tempo está quente e seco, o lixão explode sozinho. “O fogo pegou nos barracos, mas, graças à Deus, os moradores atingidos não perderam nada”.

Claudemir ainda declarou que "não moramos aqui porque gostamos e, sim, porquê precisamos. Não é porque moramos na favela que precisamos passar por essas coisas todos os anos. Somos trabalhadores e o pouco que a gente tem em situações como essas podemos perder tudo o que conquistamos com nosso suor”.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Bombeiros apagando os fogos durante o dia
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)

O morador Paulo Américo, 35 anos, mora na comunidade há 5 meses junto com a sua esposa gestante, Tânia Ester e seus filhos Flávio de 11 anos e, Ruan de 5. Sobre a queimada, o morador comentou que o incêndio é um ato inconsequente. Mas, de todas as formas, orei e pedi para Deus abençoar a minha casa para que nada acontecesse". Paulo trabalha com serviços gerais e faz reciclagem, na data, depois do ocorrido com tudo mais calmo, com os restos da queimada, sobrou bastante alumínio espalhados no local, foi quando seus filhos decidiram que iriam garantir as latas para mais tarde comprar um refrigerante.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Paulo mora apenas cinco meses na favela
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Flávio e Ruan são filhos de Paulo
(Foto: Marco Miatelo)

Por fim, o tenente do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, Welliton Correia de Melo informou que tinha sido usado em média 10 mil litros de água. “O incêndio nessa região é mais frequente, pois é uma área distante e tem o lixão bem próximo aos barracos. Agora, o fogo está controlado porém não é possível relatar que horas deve acabar definitivamente a queimada". Segundo o tenente, foram usados 5 caminhões de água do Corpo de Bombeiros e 16 pessoas trabalharam para combater o incêndio. A equipe ainda continua no local.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo)
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Marco Miatelo) O fogo em um dos barracos (Arquivo Pessoal)

O post Incêndio destrói três barracos na Favela da Esperança apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas