Diário Digital Indígena é morta pelo marido que alega traição

Indígena é morta pelo marido que alega traição

Maristela Lescano, de 34 anos, foi encontrada morta dentro de casa, na manhã desta sexta-feira (8), na Aldeia Taquapery região Mangai, em Coronel Sapucaia (MS). O esposo da vítima, Anelson Lescano, de 23 anos, confessou ter matado a mulher a golpes de caibro depois de supostamente flagrar uma traição. Este é o primeiro caso de […] O post Indígena é morta pelo marido que alega traição apareceu primeiro em Diário Digital.

Maristela Lescano, de 34 anos, foi encontrada morta dentro de casa, na manhã desta sexta-feira (8), na Aldeia Taquapery região Mangai, em Coronel Sapucaia (MS). O esposo da vítima, Anelson Lescano, de 23 anos, confessou ter matado a mulher a golpes de caibro depois de supostamente flagrar uma traição.

Este é o primeiro caso de feminicídio registrado no Estado, em 2021. O corpo da indígena estava dentro de sua casa no chão, coberto por uma manta, e possuía um corte na cabeça e lesões na região das costas.

Em conversa com os policiais foi preciso a ajuda de um tradutor para que Anelson fosse ouvido, pois ele quase não fala português. O suspeito teria dito que chegou em casa muito embriagado e encontrou sua esposa com outro. Tomado de raiva, ele confessou que pegou um caibro e desferido golpes contra o homem, mas como estava bêbado, acabou atingindo a esposa.

Anelson, afirmou ao tradutor da região que não queria matá-la.  Como no local havia uma aglomeração de pessoas, o autor precisou ser retirado imediatamente e conduzido a delegacia, antes que fosse linchado.

Foi dado voz de prisão a Anelson Lescano que, conforme a polícia, não precisou ser contido ou algemado e nem reagiu à prisão.

Ele foi indiciado pelo crime de feminicídio e segue preso.

O post Indígena é morta pelo marido que alega traição apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas