IPTU 2021 terá correção de 2,65%

O Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU) terá uma correção de 2,65% para o próximo ano. O índice foi divulgado em decreto em uma edição extra no Diário Oficial do município desta sexta-feira (27). Conforme o Diário Oficial do município (Diogrande), o reajuste considera o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E), calculado […] O post IPTU 2021 terá correção de 2,65% apareceu primeiro em Diário Digital.

O Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU) terá uma correção de 2,65% para o próximo ano. O índice foi divulgado em decreto em uma edição extra no Diário Oficial do município desta sexta-feira (27).

Conforme o Diário Oficial do município (Diogrande), o reajuste considera o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre os meses de outubro de 2019 até setembro de 2020.

Já a taxa da coleta de lixo, conforme o projeto aprovado nessa semana na Câmara, não terá reajuste. Os boletos começam a ser enviados para os proprietários de imóveis já no mês de janeiro.

O decreto de número 14.357 ainda fixou os critério da base de cálculo do valor venal dos imóveis em Campo Grande já para 2021. A tabela com os valores venais dos imóveis - e daí calculado o percentual do IPTU - apresenta números que vão dos R$ 75,66 por metro quadrado até R$ 4.350,17.

No caso do menor valor, é referente às coberturas classificadas como mínino/inferior. Já o valor referência máximo está para a categoria diferenciado, classificação alto/superior.

Todos os detalhes do decreto que estabelece reajuste e parâmetros para o IPTU 2021 você confere neste link.

O post IPTU 2021 terá correção de 2,65% apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas