Ivinhema decreta estado de calamidade pública

O município de de Ivinhema decretou estado de calamidade pública após surto de covid-19. Com 933 casos confirmados e 17 óbitos pelo novo coronavírus, Ivinhema está com bandeira amarela, de grau médio, mapa do Prosseguir MS. O decreto municipal foi publicado em edição extra do Diário Oficial da cidade. A medida proíbe o consumo de […] O post Ivinhema decreta estado de calamidade pública apareceu primeiro em Diário Digital.

O município de de Ivinhema decretou estado de calamidade pública após surto de covid-19. Com 933 casos confirmados e 17 óbitos pelo novo coronavírus, Ivinhema está com bandeira amarela, de grau médio, mapa do Prosseguir MS.

O decreto municipal foi publicado em edição extra do Diário Oficial da cidade. A medida proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas e estabelecimentos comerciais por quinze dias, além de suspender eventos públicos ou particulares de qualquer natureza, independente da quantidade de pessoas. Toque de recolher, das 22h às 5h, sem data final, também foi estabelecido em decreto.

O Prefeito de Ivinhema,  Juliano Ferro, está foi internado em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no Hospital Regional de Nova Andradina. De acordo com a família, o quadro de saúde é estável, apesar de Juliano ter tido febre na última noite. Houve melhora em relação à falta de ar que ele estava sentindo, assim como a saturação. Está sendo avaliada uma possível alta hospitalar até sexta-feira (22).

No dia 14 de janeiro, o pai de Juliano, Ademilson Costa Donato morreu com coronavírus. Outros membros da família do prefeito também foram diagnosticados com covid-19, como a esposa, filha e sobrinha.

(Com informações: Ivinotícias)

O post Ivinhema decreta estado de calamidade pública apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas