Diário Digital Juiz recebe denúncia por homicídio de esposa e amante que mataram borracheiro a facadas

Juiz recebe denúncia por homicídio de esposa e amante que mataram borracheiro a facadas

O juiz Eguiliell Ricardo da Silva recebeu a denúncia por homicídio qualificado oferecida pelo Ministério Público Estadual (MPE-MS) contra Mayra de Lima Luna e Bruno José Feliciano. Os dois são réus pelo assassinato de Douglas Novaes Rocha. Vítima foi encontrada na manhã de 14 de Fevereiro, jogado às margens de uma estrada vicinal que liga […] O post Juiz recebe denúncia por homicídio de esposa e amante que mataram borracheiro a facadas apareceu primeiro em Diário Digital.

O juiz Eguiliell Ricardo da Silva recebeu a denúncia por homicídio qualificado oferecida pelo Ministério Público Estadual (MPE-MS) contra Mayra de Lima Luna e Bruno José Feliciano. Os dois são réus pelo assassinato de Douglas Novaes Rocha. Vítima foi encontrada na manhã de 14 de Fevereiro, jogado às margens de uma estrada vicinal que liga os bairro Jardim Guaicurus e o Jóquei Clube, em Dourados (MS).

A denúncia foi protocolizada na 3° Vara Criminal da comarca, no dia 28 de Fevereiro pelo promotor de Justiça Luiz Alberto Sant'Anna Pinheiro. A ação contra a esposa da vítima e o suposto amante dela, tipifica os crimes de homicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa do ofendido, além de ocultação de cadáver e fraude processual.

Na segunda-feira, 07 de Março, ao receber a denúncia, o titular da 3ª Vara Criminal também determinou que o mandado de prisão preventiva expedido contra Bruno, que segue foragido, tenha cópia encaminhada à Delegacia Especializada de Polinter e Capturas.

Já Mayra, está presa atualmente no Estabelecimento Penal Feminino "Luiz Pereira da Silva", em Jateí, e ontem a 1ª Câmara Criminal do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) começou o julgamento virtual de habeas corpus impetrado pela defesa contra a prisão preventiva.

De acordo com Dourados News, o advogado de Mayra apontou ausência de motivos para manter a paciente aprisionada, por possuir residência fixa e não conta com antecedentes criminais, sendo primária, além de ser mãe de três filhos infantes, sendo a fundamentação adotada desproporcional à realidade.

Esse pleito já teve liminar indeferida no dia 18 de Fevereiro, pelo desembargador Paschoal Carmello Leandro, para quem “os elementos constantes dos autos, no presente momento processual, são insuficientes para configuração da fumaça do bom direito, uma vez que a paciente é confessa no sentido de que, juntamente com a pessoa de Bruno José Feliciano, matou seu marido Douglas Novaes Rocha e seus filhos estão sob os cuidados de sua mãe, indicativo de que a decisão impugnada não está eivada de manifesta ilegalidade com aptidão para antecipar a ordem pretendida”.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Mayra de Lima Luna de 22 anos está presa
(Foto: Reprodução/Rede Social)

O caso – Homem morto a facadas e que teve o corpo encontrado em uma valeta, às margens de um córrego, próximo de estrada vicinal que liga os bairros Jardim Guaicurus e o Jóquei Clube, em Dourados, foi identificado ainda ontem (14). A vítima é o borracheiro Douglas Novaes Rocha, de 27 anos e foi reconhecido por familiares.

Ele era casado e pai de três filhos. A vítima morava no Bairro João Paulo II e atuava como borracheiro em uma empresa de recauchutagem de pneus.

Conforme informações apuradas pelo Dourados News, o homem foi morto a golpes de faca em outro lugar e o corpo desovado no local. Ele estava vestindo bermuda vermelha, sem camiseta e descalço.

Levantamentos indicam que a vítima levou duas facadas no pescoço, uma no peito, duas na mão esquerda e três no abdômen. Ele também possuía ferimentos feitos por faca na garganta, na nuca. Os policiais acreditam que o assassinato aconteceu na madrugada desta segunda-feira.

O post Juiz recebe denúncia por homicídio de esposa e amante que mataram borracheiro a facadas apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas