Loja é furtada duas vezes em 8 meses

Insegurança e impotência. Esse é sentimento da comerciante que teve a loja furtada duas vezes em oito meses no bairro Coophavila. O estabelecimento tem câmeras de monitoramento, mas o equipamento não intimidou o suspeito. No furto recente foram levadas 26 camisetas deixando um prejuízo de R$ 700,00. A proprietária da loja, Gisele Massorotto, de 26 […] O post Loja é furtada duas vezes em 8 meses apareceu primeiro em Diário Digital.

Insegurança e impotência. Esse é sentimento da comerciante que teve a loja furtada duas vezes em oito meses no bairro Coophavila. O estabelecimento tem câmeras de monitoramento, mas o equipamento não intimidou o suspeito. No furto recente foram levadas 26 camisetas deixando um prejuízo de R$ 700,00.

A proprietária da loja, Gisele Massorotto, de 26 anos, investiu em segurança e instalou as câmeras quando aconteceu o primeiro furto. “ Trabalhei tanto para conseguir essa loja. Não é justo passar por isso mais uma vez. Vizinhos relataram que o suspeito já cometeu vários furtos aqui na região e eu sou a oitava vítima dele”, afirma.

Gisele relatou ainda que nessa mesma semana o comerciante que tem um estabelecimento em a sua loja também foi alvo dos criminosos. Ainda segundo os moradores não há iluminação pública. No período da noite a rua da Penísula fica tomada pela escuridão e o policiamento no local também é reduzido.

A dona da loja acredita que o suspeito tenha furtado as camisetas para revender. As câmeras de segurança mostraram o momento em que ele arrombou o local. Era por volta das  4h50 quando ele saiu do estabelecimento e já estava amanhecendo. Moradores pedem policiamento mais intensivo já que no local há circulação de muitos usuários de droga.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Sinais de arrombamento na porta da loja (Foto Luciano Muta)

O post Loja é furtada duas vezes em 8 meses apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas