Mãe que obrigou filho a tomar tranquilizante está em prisão domiciliar

Uma mulher de 27 anos que foi presa por tentativa de homicídio depois de obrigar o filho, de 5, a tomar um frasco de clonazepam, tranquilizante tarja peta, está em prisão domiciliar com uso de tornozeleira. Ela passou por audiência de custódia na terça-feira (8), no Fórum de Campo Grande, e vai ter que manter […] O post Mãe que obrigou filho a tomar tranquilizante está em prisão domiciliar apareceu primeiro em Diário Digital.

Uma mulher de 27 anos que foi presa por tentativa de homicídio depois de obrigar o filho, de 5, a tomar um frasco de clonazepam, tranquilizante tarja peta, está em prisão domiciliar com uso de tornozeleira. Ela passou por audiência de custódia na terça-feira (8), no Fórum de Campo Grande, e vai ter que manter uma distância de 300 metros do filho.

O menino deu entrada na Santa Casa, na sexta-feira, 4 de setembro, por volta das 22h, onde permaneceu em observação bastante sonolento, segundo equipe médica da pediatria. Ele recebeu alta no dia seguinte e desde então está sob a guarda da avó materna.

A criança foi obrigada pela mãe a tomar um frasco de tranquilizante e a mulher foi denunciada por uma tia do menino que acionou a PM (Polícia Militar).

A polícia, a mãe do menino disse que forçou o filho a tomar o remédio porque "queria que ele fosse para o céu". A mulher sofre de transtornos psiquiátricos e não pode sair de casa sem autorização da justiça.

O caso deve ser encaminhado à Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) até  amanhã (10) para a polícia dar início às investigações.

O post Mãe que obrigou filho a tomar tranquilizante está em prisão domiciliar apareceu primeiro em Diário Digital.