MS passa dos 52 mil casos e gestores da saúde pedem cautela para o feriadão

Mato Grosso do Sul confirmou mais 831 casos do novo coronavírus. O número apresentado nesta sexta-feira (4) eleva o quantitativo de infectados no Estado para 52.406. As três cidades com mais positivos nas últimas 24 horas foram Campo Grande (+232), Dourados (+134) e Rio Brilhante (+68). A média móvel indica 751 casos diários nos últimos 7 dias.  Mesmo […] O post MS passa dos 52 mil casos e gestores da saúde pedem cautela para o feriadão apareceu primeiro em Diário Digital.

Mato Grosso do Sul confirmou mais 831 casos do novo coronavírus. O número apresentado nesta sexta-feira (4) eleva o quantitativo de infectados no Estado para 52.406. As três cidades com mais positivos nas últimas 24 horas foram Campo Grande (+232), Dourados (+134) e Rio Brilhante (+68). A média móvel indica 751 casos diários nos últimos 7 dias. 

Mesmo com média móvel indicando um leve decréscimo, os gestores da Secretaria de Estado de Saúde (SES) alertaram para a necessidade de manter todos os cuidados para que não haja uma nova crescente na média móvel. "Nossa média móvel decresceu. Há um processo de desaceleração, mas estamos ainda num platô muito alto e nós queremos fazer um trabalho junto aos municípios para fazer essa curva diminuir e termos menos casos e consequentemente vai levar a menos necessidade de leitos clínicos e leitos de UTI", avaliou o secretário de saúde, Geraldo Resende. 

Com a proximidade do feriado da independência, a secretária-adjunta, Christine Maymone enfatizou que a circulação viral continua alta. "Todos nós queremos ficar juntos, somos um povo brasileiro afetivo. Mas neste momento não é possível. Temos que ter distanciamento social, usar máscaras e regras de higiene, assim é que a Ciência e o mundo tem nos mostrado. As evidencias cientificas são essas. Fico muito preocupada com os dados daqui a 14 dias, depois que as pessoas fazem as movimentações. Não estamos em curva descendente", alertou. 

O número de vidas perdidas para a doença subiu para 939 com as 25 confirmações das últimas 24 horas. Os óbitos no mês de agosto somam 488 e setembro já contabiliza 40, conforme o boletim epidemiológico apresentado hoje. A média móvel indica 14 mortes por dia na última semana. 

A taxa de isolamento social mapeada no Estado nesta quinta-feira (3) foi de 34,5%, enquanto a Capital registrou índice de 33,3%.

O post MS passa dos 52 mil casos e gestores da saúde pedem cautela para o feriadão apareceu primeiro em Diário Digital.