Diário Digital Mulher e três crianças são resgatados desnutridos e desnorteados de cárcere privado na Capital

Mulher e três crianças são resgatados desnutridos e desnorteados de cárcere privado na Capital

Residência estava imunda e as vítimas, mãe e filhas, convivam com baratas

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital

Caso ocorreu em residência da Rua Terenos - (Foto: Luciano Muta)

Jovem, de 24 anos, e três crianças, entre 1 e 7 anos de idade, foram resgatadas de condições subumanas nesta sexta-feira, 8 de julho, após serem mantidas por dias em cárcere privado por homem, de 28 anos. O caso ocorreu na Rua Terenos, Bairro Amambai, em Campo Grande (MS) e veio a tona após as vítimas pedirem ajuda na Avenida Afonso Pena. O local estava sujo e as vítimas convivam com baratas.

Na noite de ontem, a mulher conseguiu fugir do local, acompanha das três filhas, e pedir ajuda em farmácia da Afonso Pena. A Polícia Militar foi acionada ao local e encontrou a jovem suja, desnorteada e com sinais de fraqueza. Aos militares, relatou que estava em cárcere privado há dias, além de sofrer violência doméstica e ameaças. Informou que o autor dos fatos é companheiro.

Caso ocorreu na Rua Terenos - (Foto: Luciano Muta)

Caso ocorreu na Rua Terenos - (Foto: Luciano Muta)

Diário Digital

A mulher explicou, ainda, que o homem utiliza facas para ameaçar a família. Na data de ontem, afirmou que iria matá-la e que “de hoje você não passa”. Relatou também ser impedida de sair de dentro da residência, que apenas vai na frente da casa, sob o olhar do homem. As vítimas estavam magras e aparentando subnutrição, cuja jovem informou que ela e suas filhas não possuem acesso a alimentos dentro da casa. Ela afirmou que o marido é dependente de cocaína. 

Ontem, o marido a agrediu com chute nas costas e tapa no rosto.  Ela relatou que não aguenta mais a situação e pediu ajuda na esquina quando o autor deitou no colchão e dormiu. A mulher pediu ajuda aos militares e afirmou que gostaria de representar judicialmente contra o homem, bem como necessita urgentemente de poio de alimentação, psicológico e amparo, pois não tem para quem pedir socorro. 

Os policiais se descolaram até a Rua Terenos e encontraram o homem deitado em colchão sujo em um dos quartos. Recebeu voz de prisão e foi encaminhado para Casa da Mulher Brasileira para prestar depoimento.

Homem foi preso ainda na residência - (Foto: Divulgação)

Homem foi preso ainda na residência - (Foto: Divulgação)

Diário Digital

Casa suja e com baratas - O Diário Digital esteve na residência na manhã deste sábado, 9 de julho, e encontrou lixo espalhado pela frente do salão e no corredor lateral. O portão era fechado com uma corrente, assim como outras casas da região,

Corredor da residência possuí lixo jogado - (Foto: Luciano Muta)

Corredor da residência possuí lixo jogado - (Foto: Luciano Muta)

Diário Digital

 Informações policiais apontam que o local possuía, além da sujeira, restos de comida podre, baratas, roupas velhas e sujas por todo lado. Em relação à alimentação, nenhum sinal de comida pronta ou para preparar. A geladeira estava ligada, porém sem nenhum alimento, apenas possuía garrafas de água. 

Casa estava imunda e com lixo espalhado por todos os cômodos - (Foto: Divulgação)

Casa estava imunda e com lixo espalhado por todos os cômodos - (Foto: Divulgação)

Diário Digital

Vizinhos - O DD tentou contato com vizinhos locais, porém ninguém quis se manifestar sobre o assunto. Um funcionário de uma galeria comercial explicou que as crianças saíam para rua poucas vezes na companhia da mãe, e que estavam sempre magras. 

Contou, ainda, que a casa sempre esteve em situação de sujeira, além de afirmar que não era conhecido na região o fato de o marido mantê-las em cárcere privado. O popular também explicou que a residência da família dividia espaço com um salão de beleza, porém, a proprietária faleceu.

Confira mais imagens do caso:

Últimas