Diário Digital Mulher que matou namorado a facadas esquece de carregar tornozeleira e é presa

Mulher que matou namorado a facadas esquece de carregar tornozeleira e é presa

Condenada por matar o namorado a facadas e furtar pacotes cigarros dele, Gislene Aparecida Andrade, de 30 anos, foi presa após não carregar corretamente a tornozeleira eletrônica com a qual era monitorada pela Justiça. Em 30 de Junho deste ano, ela foi a júri popular e pegou 12 anos e 4 meses de prisão e […] O post Mulher que matou namorado a facadas esquece de carregar tornozeleira e é presa apareceu primeiro em Diário Digital.

Condenada por matar o namorado a facadas e furtar pacotes cigarros dele, Gislene Aparecida Andrade, de 30 anos, foi presa após não carregar corretamente a tornozeleira eletrônica com a qual era monitorada pela Justiça.

Em 30 de Junho deste ano, ela foi a júri popular e pegou 12 anos e 4 meses de prisão e 3 dias multa por matar a golpes de faca e furtar 15 pacotes de cigarros do vendedor ambulante Raimundo Nonato da Silva, conhecido como Galo, de 66 anos, em Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande (MS).

Ele foi condenada ao cumprimento da pena em regime fechado. Porém, obteve na Justiça a autorização para deixar a penitenciária e usar a tornozeleira eletrônica, mas violou as regras de monitoramento ao não carregá-la corretamente. Por isso, a Justiça determinou o recolhimento dela.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Comerciante Raimundo Nonato foi morto a facadas pela namorada em casa (Foto: José Portela/Nova News)

Gislene foi presa pela Polícia Militar na noite de quarta-feira passada, 25 de Agosto, enquanto caminhava pelas imediações da Rua Luiz Antônio da Silva, em Nova Andradina. Nesta quinta-feira, 26, ela foi levada para a Delegacia de Polícia de Angélica, onde ficará em uma cela até nova decisão da Justiça.

Briga, facadas e morte - A mulher tinha um relacionamento amoroso com o vendedor há muitos anos, mas no dia 29 de dezembro de 2019, os dois se desentenderam. A briga do casal ocorreu na casa da vítima, na Rua Juscelino Kubstcheck, no Bairro Centro Educacional.

Gislene matou Raimundo Nonato a facadas. Ela alegou legítima defesa. Segundo a autora, no meio da discussão, o homem pegou uma faca de cozinha e partiu para cima dela.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Raimundo Nonato, o Galo, e Gislene Andrade (Fotos: Arquivo Pessoal e Jornal da Nova)

Gislene relatou ter tomado a faca das mãos do vendedor e em seguida desferido golpes contra Raimundo, matando-o. Na sequência, Gislene fugiu da residência levando 15 pacotes de cigarro paraguaio, que foram vendidos para um comerciante da cidade.

Parte dos cigarros foi recuperado logo depois.

O post Mulher que matou namorado a facadas esquece de carregar tornozeleira e é presa apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas