Diário Digital Nascidos em novembro podem sacar segunda parcela do auxílio

Nascidos em novembro podem sacar segunda parcela do auxílio

A Caixa Econômica Federal libera nesta quarta-feira (16) o saque em dinheiro da segunda parcela do auxílio emergencial para os trabalhadores informais nascidos em novembro. É o penúltimo grupo a ter o resgate liberado no segundo ciclo de pagamentos. Os depósitos a essa parcela de beneficiados ocorreram em 28 de maio e, desde então, o valor só pôde ser […] O post Nascidos em novembro podem sacar segunda parcela do auxílio apareceu primeiro em Diário Digital.

A Caixa Econômica Federal libera nesta quarta-feira (16) o saque em dinheiro da segunda parcela do auxílio emergencial para os trabalhadores informais nascidos em novembro. É o penúltimo grupo a ter o resgate liberado no segundo ciclo de pagamentos.

Os depósitos a essa parcela de beneficiados ocorreram em 28 de maio e, desde então, o valor só pôde ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, sistema no qual os cidadãos conseguem pagar boletos, comprar pela internet e pelas maquininhas de estabelecimentos comerciais.

Na primeira parcela, em abril, foram creditados mais de R$ 479 milhões a 2,31 milhões de cidadãos inscritos no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal) e no site ou aplicativo da Caixa.

O calendário de saque da segunda parcela termina nesta quinta-feira (17), com os aniversariantes de dezembro. No mesmo dia, começa o pagamento da terceira parcela do Bolsa Família, para os beneficiários com o NIS com final 1.

Para o grupo cadastrado por aplicativo ou CadÚnico, o auxílio primeiro é depositado em conta digital que pode ser movimentada pelo app Caixa Tem, para pagar boletos, comprar pela internet e pelas maquininhas no comércio. 

Além disso, há a opção de girar a grana usando o Pix, sistema de pagamentos instantâneo do Banco Central. A única exceção às transações se dá para os casos de transferência para conta de mesma titularidade.

Os investimentos federais na segunda parcela de pagamentos para os públicos dos meios digitais e do Cadastro Único foram de R$ 5,9 bilhões e alcançaram 28,4 milhões de trabalhadores. O valor da folha de pagamento do auxílio para o público do Bolsa Família em maio foi de R$ 2,95 bilhões, com 9,68 milhões de famílias beneficiárias.

Calendário antecipado

Nesta terça-feira, o Ministério da Cidadania antecipou o calendário de pagamentos do terceiro ciclo do auxílio emergencial. Com a determinação, publicada no Diário Oficial da União, o crédito dos recursos começa a ser depositado na conta poupança digital dos beneficiários já nesta sexta-feira (18).

Já os saques em espécie ficam autorizados a partir de 1º de julho e seguem até o dia 19 do próximo mês, de acordo com o mês de aniversário do beneficiário. Anteriormente, os desembolsos do Ciclo 3 só seriam finalizados em 12 de agosto.

Calendário atualizado do Ciclo 3:

• Crédito em conta poupança:

18 de junho (sexta-feira) - nascidos e janeiro
19 de junho (sábado) - nascidos em fevereiro
20 de junho (domingo) - nascidos em março
22 de junho (terça-feira) - nascidos em abril
23 de junho (quarta-feira) - nascidos em maio
24 de junho (quinta-feira) - nascidos em junho
25 de junho (sexta-feira) - nascidos em julho
26 de junho (sábado) - nascidos em agosto
27 de junho (domingo) - nascidos em setembro
29 de junho (terça-feira) - nascidos em outubro
30 de junho (quarta-feira) - nascidos em novembro e dezembro

• Saque em dinheiro:

1º de julho (quinta-feira) - nascidos e janeiro
2 de julho (sexta-feira) - nascidos em fevereiro
5 de julho (segunda-feira) - nascidos em março
6 de julho (terça-feira) - nascidos em abril
8 de julho (quinta-feira) - nascidos em maio
9 de julho (sexta-feira) - nascidos em junho
12 de julho (segunda-feira) - nascidos em julho
13 de julho (terça-feira) - nascidos em agosto
14 de julho (quarta-feira) - nascidos em setembro
15 de julho (quinta-feira) - nascidos em outubro
16 de julho (sexta-feira) - nascidos em novembro
19 de julho (segunda-feira) - nascidos em dezembro

Prorrogação

O governo federal deverá prorrogar, por mais três meses, o benefício, previsto inicialmente para quatro meses, de abril a julho. Os valores serão os mesmos, ou seja, média de R$ 250, mas mulheres chefes de família recebem R$ 375 e pessoas que vivem sozinhas, R$ 150.

A expectativa do governo é de ganhar tempo para o avanço da vacinação contra a covid-19, além de preparar uma ampliação do programa Bolsa Família. Atualmente, o auxílio contempla cerca de 39,1 milhões de brasileiros.

O post Nascidos em novembro podem sacar segunda parcela do auxílio apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas