Diário Digital Neca Chaves deu continuidade à história familiar inaugurando em Campo Grande a faculdade Insted

Neca Chaves deu continuidade à história familiar inaugurando em Campo Grande a faculdade Insted

Ao celebrar os 122 anos da capital há que se rememorar nomes que fizeram história na educação e no desenvolvimento regional. Um desses nomes é o de Pedro Chaves dos Santos Filho, empreendedor vanguardista na educação, ciência e tecnologia em Mato Grosso do Sul. Junto à família, idealizou o colégio Mace e a universidade Uniderp, […] O post Neca Chaves deu continuidade à história familiar inaugurando em Campo Grande a faculdade Insted apareceu primeiro em Diário Digital.

Ao celebrar os 122 anos da capital há que se rememorar nomes que fizeram história na educação e no desenvolvimento regional. Um desses nomes é o de Pedro Chaves dos Santos Filho, empreendedor vanguardista na educação, ciência e tecnologia em Mato Grosso do Sul. Junto à família, idealizou o colégio Mace e a universidade Uniderp, hoje pertencentes a outros grupos educacionais. Com a venda dessas instituições, a filha de Pedro Chaves deu continuidade ao seu projeto educativo liderando a faculdade Insted.

Em 12 de setembro de 2018, nasceu o Instituto Avançado de Ensino Superior e Desenvolvimento Humano (Insted), sonhado e idealizado por Neca Chaves Bumlai. Empreendedora e educadora há 23 anos, ela aprendeu desde pequena, com os pais Pedro Chaves e Reni dos Santos, o poder transformador da educação.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Pedro Chaves, Reni e Neca na inauguração da Insted ( Foto: Divulgação)

Neca sempre foi apaixonada pelo ambiente educativo. Quando criança já sonhava em empreender e principalmente em poder trazer novidades para o ensino. Sua carreira começou por volta dos 21 anos. Ao encerrar sua faculdade de economia já se encontrava na gerência administrativa da Uniderp, cargo que ocupou por aproximadamente 10 anos. Depois disso, foi trabalhar com a mãe no colégio Mace e observou de perto o cuidado e o carinho que ela tinha com seus alunos, conhecendo e conversando com cada um que passava pelos corredores.

A chegada de grandes grupos educacionais para a cidade impulsionou seu sonho de infância. Foi quando, em 2016, ela decidiu apostar em uma faculdade que apresentasse uma metodologia de ensino diferenciada das demais, com maior aproximação ao mercado de trabalho e com o uso das novas tecnologias no ensino. “Eu pensei em um modelo de educação que atendesse aos avanços tecnológicos, mas que tivesse um atendimento personalizado para cada aluno”, explicou Neca.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Neca e o pai, Pedro Chaves ( Foto: Divulgação)

Um grande aliado para a realização deste sonho foi seu esposo, Fernando Bumlai, hoje diretor-executivo da faculdade. Juntos eles percorreram universidades Brasil afora em busca de estratégias para diminuir as distâncias entre o que é ensinado na teoria e o que o mercado exige diariamente, na prática. Neste mesmo período, se aprofundaram no estudo das Metodologias Ativas de ensino, trazendo esta matriz educacional ao seu projeto educativo. “Em nenhum momento eu pensei em abrir uma instituição tradicional, fazendo o mais do mesmo”, destacou Neca.

O que são as Metodologias Ativas

A faculdade Insted é a primeira do Centro-Oeste que trabalha com as Metodologias Ativas em todos os seus cursos de graduação e pós-graduação. Isso significa que os professores levam para a sala de aula casos práticos da vida profissional, desafios, estudos de caso, entre outras ações, que façam o aluno pensar e resolver o problema proposto.

Ou seja, neste modelo de ensino, o próprio aluno constrói o seu conhecimento. Já o professor faz o papel de curador, indicando as leituras necessárias para desenvolver aquele aprendizado. “O professor vai selecionar e indicar aqueles textos que tenham embasamento técnico e sejam relevantes para ele poder obter esse conhecimento”, destacou Fernando Bumlai.

Ensino híbrido

Outro diferencial da faculdade é a opção pelo ensino híbrido. Quando não é possível estar em sala de aula os acadêmicos podem acompanhar todo o ensino em tempo real, com as transmissões online.

Com a chegada da pandemia, em 2020, essa facilidade permitida pelas novas tecnologias foi adotada para que os alunos não precisassem interromper seus estudos. A faculdade disponibilizou ainda computadores e facilidades nos pagamentos das mensalidades para que nenhum estudante ficasse sem aula nesse período tão difícil.

Neste segundo semestre de 2021 a maior parte dos alunos preferiu voltar para o ensino presencial, justificando a necessidade da interação com colegas e professores para fortalecer o conhecimento. Desta forma, a faculdade disponibilizou os cuidados necessários para que os que assim optaram pudessem voltar com segurança.

Ao chegar na instituição, antes de entrar nas salas, eles passam pela aferição da temperatura corporal. As salas estão equipadas com álcool gel e o uso de máscaras e o distanciamento social continuam sendo obrigatórios. Além disso, a lotação máxima de cada sala de aula é de 50% de sua capacidade.

Visão de futuro

Para um futuro próximo, a instituição almeja se tornar um Centro Universitário, sem perder a essência de uma educação personalizada e que proporcione autonomia para seus acadêmicos. “O nosso conceito é ter uma instituição regional, compreendendo as necessidades locais e trabalhando em prol do desenvolvimento e da empregabilidade dos acadêmicos”, destacou Bumlai.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Prédio da Mace, instituição construída pela família do Pedro Chaves (Foto: Divulgação)

Contatos

A faculdade Insted está localizada na Rua 26 de Agosto, 63, no centro de Campo Grande.

Clique aqui e confira todas as novidades da faculdade no Instagram.

Contatos: (67) 3201-5999 | WhatsApp (67) 99258-3521

O post Neca Chaves deu continuidade à história familiar inaugurando em Campo Grande a faculdade Insted apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas