Diário Digital Peças artesanias, fotos e obras contam história de oito etnias indígenas no Bioparque Pantanal

Peças artesanias, fotos e obras contam história de oito etnias indígenas no Bioparque Pantanal

Acervo conta a história do povo indígena por meio de fotografias e peças artesanais

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital

Sinônimo de cultura, turismo e conhecimento, o Bioparque do Pantanal recebe nesta terça-feira, 19 de julho, exposição de acervo da cultura de oito etnias indígenas.

O acervo promete uma experiência única na história dos indígenas, contada por meio de fotografias, peças de artesanato e objetos que simbolizam a cultura dos povos originários. "Para este evento, o Bioparque proporciona aos visitantes a cultura de oito etnias dos povos indígenas, sendo Guarani, Kaiowá, Terena, Kadwéu, Kinikinaw, Atikun, Ofaié e Guató", explicou a Diretora do Bioparque, Maria Fernanda Balestieiri.

 “É uma honra trazer essa exposição para o Bioparque Pantanal”, destacou Maria Balestieiri (Foto; Luciano Muta)

 “É uma honra trazer essa exposição para o Bioparque Pantanal”, destacou Maria Balestieiri (Foto; Luciano Muta)

Diário Digital

"Essa abertura que o Bioparque oferece para as aldeias indígenas, para nós tem um grande significado, pois alguns dos objetos culturais expostos aqui foram confeccionados por indígenas que, hoje, já não estão mais conosco. Enxergo também nessa parceria, uma oportunidade de mostrar para o mundo um pouco da nossa cultura, por isso deixo meu convite para todos prestigiarem", ressaltou o representante indígena, Aguinaldo Terena.

Aguinaldo Terena (Foto: Luciano Muta)

Aguinaldo Terena (Foto: Luciano Muta)

Diário Digital

A exposição, a princípio, ficará disponível para os visitantes que fizeram inscrições em grupo, como escolas e universidades. Entretanto, de acordo com a diretora do Aquário do Pantanal, a intenção é ampliar para a população em geral, porém a ideia ainda está em tratativa devido a logística.   A mostra  pode ser acompanhada após o horário de visitação, sendo restrito somente na área do museu.

João Marcos, de 28 anos está vindo pela primeira vez no Bioparque e compartilhou com nossa equipe de reportagem sua experiência ao conhecer o aquário e a importância da exposição das culturas indígena de Mato Grosso do Sul.

“Com o acesso um pouco difícil, estou registrando tudo para mostrar para familiares e amigos”, destacou o auxiliar de academia.  (Foto: Luciano Muta)

“Com o acesso um pouco difícil, estou registrando tudo para mostrar para familiares e amigos”, destacou o auxiliar de academia.  (Foto: Luciano Muta)

Diário Digital

"Cada experiência é única, e eu costumo registrar cada uma delas. A minha visita hoje no Bioparque não poderia ser diferente, estou filmando e fotografando tudo. É muito importante ressaltar a cultura, é uma preservação histórica que temos que preservar para as próximas gerações, até mesmo nós que somos do mesmo Estado e as vezes não sabemos , e também para turistas de outras regiões", comentou 

Confira um pouco dessa exposição cultural na galeria de fotos abaixo:

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital

Últimas