PMA autua madeireiro em R$ 3,3 mil

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Batayporã foi acionada por Policiais Militares Rodoviários Federais (PRF) para os procedimentos administrativos (multa ambiental), em razão da abordagem na altura do km 117 da BR 267, no município de Nova Andradina, de um caminhão com placas de Tupi (Paulista (SP), com carga de madeira suspeita de estar […] O post PMA autua madeireiro em R$ 3,3 mil apareceu primeiro em Diário Digital.

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Batayporã foi acionada por Policiais Militares Rodoviários Federais (PRF) para os procedimentos administrativos (multa ambiental), em razão da abordagem na altura do km 117 da BR 267, no município de Nova Andradina, de um caminhão com placas de Tupi (Paulista (SP), com carga de madeira suspeita de estar sendo transportada ilegalmente.

A PMA foi ao local ontem (1) à noite e verificou, depois de efetuar a cubagem, que o caminhão abordado transportava 11 m³ de madeira em toras da espécie faveiro sem o Documento de Origem Florestal (DOF). O DOF é o documento ambiental para o transporte e armazenamento de qualquer produto florestal. A carga de madeira que fora carregada em uma propriedade rural no município de Deodápolis e seguia para Tupi Paulista (SP) e o veículo foram apreendidos.

O infrator de 58 anos, proprietário da carga, residente em Tupi Paulista (SP) responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá receber pena de seis meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 3.300,00 pela PMA.

O post PMA autua madeireiro em R$ 3,3 mil apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas