Diário Digital Prefeitura garante recursos para fase inicial de implantação do Parque Tecnológico

Prefeitura garante recursos para fase inicial de implantação do Parque Tecnológico

Incubadoras serão adaptadas também para funcionar como Hubs de Inovação

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital

A Prefeitura de Campo Grande assegurou junto à Finepe (Financiadora de Estudos e Projetos), R$ 7 milhões para custear a fase inicial do Parque Tecnológico e de Inovação – Estação Digital. Segundo a subscretária de Gestão e Projetos Estratégicos Catiana Sabadin, esses recursos são um passo importante na consolidação do projeto planejado para Campo Grande. A captação foi aprovada 6 meses após o projeto ser apresentado a FINEPE, empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

A fase atual é de construção do projeto que passa por iniciativas como o da última sexta-feira, 08 de julho, quando a subsecretária acompanhou a Prefeitura Adriane Lopes em uma visita técnica ao Parque Tecnológico de São José dos Campos, cidade do interior paulista.

Já está em andamento o processo de licitação para reforma de duas incubadoras (Mário Covas e Santa Emília), um investimento de R$ 1,6 milhão. As incubadoras serão adaptadas também para funcionar como Hubs de Inovação , que serão integrados ao Parque Tecnológico .

Os Hubs são físicos e/ou virtuais – nos quais empresas e startups podem trabalhar e ter acesso a contatos, investidores, mentores e fornecedores. Nesses ambientes férteis, os projetos têm maior facilidade para crescer, tanto pelo vasto networking, quanto pelo suporte para a aceleração.

O projeto integral prevê investimentos no valor de R$ 91.492.702,89, abrangendo a restauração do Complexo de Rotunda da Ferrovia, um Museu Interativo sobre a Ferrovia Noroeste do Brasil com imagens, textos e instalações multimídias. No local, o visitante vai “viajar” de forma virtual na história do modal ferroviário que teve um papel crucial no desenvolvimento e ocupação populacional de Campo Grande.

A Estação Digital, de acordo com Catiana, vai criar um ambiente propício à integração das instituições de pesquisa, universidades e empresas, públicas e privadas , abrigando startups voltadas a inovação e tecnologia.

Últimas